SINAIS DE ALERTA!

Deixe um comentário

01/05/2022

Em plena transição planetária, precisamos tomar cuidado para que não nos desviemos do caminho que nos conduzirá aos primeiros níveis da quinta dimensão, por darmos importância demais a determinados detalhes ou mesmo nos preocupar com coisas que não sejam para o nosso bem mais elevado, e que só serviriam para nos distrair e demonstrar que ainda falta fé e confiança no Plano Divino.

Percebo que, ultimamente, as pessoas estão muito interessadas em aspectos da vida que podem causar polêmicas, divisão, lutas egoicas e que podem estar a serviço da desinformação, tão comum em nosso meio, o que é exacerbado à medida que todos desejam respostas imediatas para os seus questionamentos, deixando, assim, de buscar o que, de fato, interessa, que é a essência do poder que reside dentro de cada um de nós.

As distrações são cada vez mais sofisticadas, no intuito de que se deixe de lado os aspectos fundamentais para se alcançar a Nova Terra e nos apeguemos a questões que, mesmo sendo intrigantes, não nos levam ao objetivo principal que é a quinta dimensão.

Muitas “revelações” sobre a energia taquiônica, em que aqueles que a divulgam possuem pontos de vista bastante diferentes entre si, relacionando-a puramente com a sexualidade, ou considerando-a a própria energia crística; controvérsias sobre a quarta e a quinta dimensões, sem levar em conta que a quarta dimensão esteja em pleno funcionamento nos estados de sonho/sono; exagero no interesse da vida extraterrestre, quando mal damos conta de nossa vida cotidiana terrena, com todos os seus desafios e alegrias; a tese das Sementes Estelares, mais uma vez alimentando a ilusão da separação, como se o fato de pertencer a esta ou aquela “classe” significasse ser mais privilegiado que os demais; o eterno enigma dos 144.000 que são considerados como o número real de seres especiais e com funções específicas, sem ao menos aventar a hipótese de que tal número poderia ser simbolismo de algo muito mais expansivo e mais elegante, como convém a um plano divinamente elaborado.

Enquanto isso, as ferramentas, as práticas espirituais, os exercícios respiratórios, a meditação/contemplação nem são cogitados, ainda que saibamos de sua real necessidade, essencialmente neste momento tão instigante em que todos estamos inseridos. Ao passo que se gasta muito tempo em torno das polêmicas políticas/ideológicas, agregando, assim, mais energia à dualidade/separação, que tanto abominamos, na teoria, e ao mesmo tempo, a alimentamos, na prática, ao nos apegar a um lado e rejeitar o outro, em vez de procurarmos dirigir nossa luz/energia para o plano maior, que é o Plano Divino, e deixar que os detalhes aconteçam na ordem apropriada.

Em resumo, muito do que acontece no momento visa à distração, por um lado, e ao apego a toda e qualquer ideia ou personalidade que surja, por outro, como se a busca pelo Deus Interior não fosse suficiente, a ponto de se precisar das muletas proporcionadas pelos “deuses externos”, conforme as religiões o fizeram e ainda fazem, e mesmo que façam críticas acerca disso, as pessoas não percebem que continuam alimentando o mesmo status quo, apenas com outros atores.

Parece que a falta de FÉ e CONFIANÇA ainda são a tônica neste momento tão importante quanto dramático, por isso que as distrações e os apegos usurpam o lugar de direito da verdadeira busca interior, tão necessária, sobretudo AGORA.

Precisamos fechar os ouvidos para os apelos externos e sermos mais receptivos ao nosso mundo interno, que é onde encontramos a VERDADE que de fato buscamos tão avidamente. Insistir em sucedâneos só nos trará desapontamento, frustração e até a perda da oportunidade de vivermos em uma NOVA TERRA.

Ivete Adavaí

adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.