COMO ATRAIR LUZ PARA O SEU CORPO

Deixe um comentário

04/02/2022

Ensinaram-lhe a importância de extrair de sua Presença a Luz que é o alimento dos corpos internos e o único meio pelo qual sua ação vibratória pode ser acelerada. Isso é feito, amados, pela lei magnética da atração. Sua atenção no objeto de seus desejos se torna um funil para direcioná-lo. Assim que você coloca toda a sua atenção em algo e emana amor sobre ele, você imediatamente começa a criar e trazer para o seu mundo a substância sobre a qual você dirigiu sua atenção.

A fim de intensificar ou aumentar a ação vibratória de seus sistemas corporais, você só precisa colocar a atenção em qualquer Mestre ou em sua própria Presença EU SOU. Enquanto estiver aí, você naturalmente carregará essa substância de Luz tão mecanicamente quanto a bateria do carro é alimentada pelo carregador.

Simplesmente deitar-se na cama e visualizar aquela Luz fluindo através de todos os sistemas do seu corpo, por cinco minutos, três vezes ao dia, aceleraria muito a ação vibratória de todos os seus veículos.

Eu sou Paulo, o Veneziano, o mentor do Amor e o Amante da Alma!

(Do livro: As Sete Chamas Sagradas, de Aurelia)

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com

QUANDO SE APRENDE A NÃO REAGIR

Deixe um comentário

04/02/2022

Se pudermos aprender a dominar a maneira como reagimos quando os outros nos provocam ou quando as pessoas tentam nos perturbar, claro que é preciso um pouco de prática. Mas quando dominamos isso, obtemos uma mente pacífica, uma vida tranquila, feliz e saudável. Porque não é bom nem para a nossa mente nem para o nosso corpo ficar perturbado com isso.

Então, pratique e você terá uma nova ferramenta para se utilizar que vai facilitar a sua vida.

Com muito amor!

***************

ESTOU LENTAMENTE APRENDENDO QUE mesmo que eu reaja, não mudará nada, não fará com que, de repente, as pessoas me amem e me respeitem, não mudará de maneira mágica as suas mentes. Às vezes, é melhor deixar as coisas serem, deixar que as pessoas se vão, não lutar pelo encerramento, não pedir explicações, não correr atrás de respostas, não esperar que as pessoas compreendam de onde você está vindo.

ESTOU LENTAMENTE APRENDENDO que a vida é mais bem vivida quando você não se centra no que está acontecendo à sua volta, e sim no que está acontecendo em seu interior.

Trabalhe em si mesmo e em sua paz interior e virá a perceber que não reagir a todas as pequenas coisas que o aborrecem é o primeiro ingrediente para se viver uma vida feliz e saudável.

Ingela Athena Maia Jennerheim

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com

COMO MENSURAR SEU PROGRESSO

Deixe um comentário

04/02/2022

Não importa o que esteja ocorrendo na vida externa de uma pessoa, a VERDADEIRA medida de como a nossa alma é desenvolvida é o quanto somos integrados e incorporados, e isso é refletido para nós pela forma como REAGIMOS às circunstâncias comuns do dia a dia, por nossas reações emocionais (ou supressão) e com que facilidade somos provocados, e, assim, culpamos os outros e as condições externas.

O objetivo do trabalho esotérico, espiritual, psicológico e somático não é eliminar os desafios (mesmo que eles possam ser aliviados até certo ponto), mas sim, como mudamos, transmutamos e nos transformamos ao enfrentar a vida e a realidade diretamente; nos tornando mais objetivos conosco e com o mundo. Esse é também o acesso para o verdadeiro amor. O amor infantil e imaturo é condicional e exige atenção e validação dos demais. Se não se obtém o que deseja, a culpa recai sobre os outros, por isso, ou se culpa por não “ser bom o suficiente”, ficando aprisionado na autopiedade, culpa e vergonha.

O amor maduro é incondicional, assume responsabilidades e ama mesmo que não consiga o que se quer ou prefere. Todos nós temos uma criança imatura dentro de nós, agindo em diversos momentos. Se conseguirmos identificá-la, é uma chance de curar essa criança ferida, que também pode estar relacionada com os traumas de vidas passadas e não necessariamente relacionadas à sua infância atual de sua existência presente. É importante que criemos um recipiente seguro para que essa criança experimente, expresse e sinta emoções de tristeza, rejeição, medo, raiva, abandono, vergonha etc. sem que projete isso externamente. Esse processo só pode acontecer somaticamente – através do corpo. Você não pode pensar nisso, porque só resulta em mais autoengano. O reconhecimento intelectual de seus “problemas” não é suficiente e é apenas o começo de um processo interno emocional e somático muito mais profundo.

Consequentemente, você pode avaliar a própria mudança no progresso ao testemunhar as mudanças em suas reações aos problemas e dificuldades que enfrenta. A vida segue em frente e se expande, nos entregando desafios de acordo com a lei da subida e descida, lições que são diferentes para cada um de nós. Faz parte de se escolher esta experiência 3D de dualidade e essencialmente não se apegar a experiências “positivas” ou “negativas”, indo além da esperança e do medo, da sede e do apego, do prazer e da dor. Quanto mais você estiver incorporado e integrado no nível da alma, mais esses desafios da vida não terão mais o poder de enganá-lo, aborrecê-lo, deixá-lo estressado, temeroso, preocupado etc., você poderá processar melhor o que surge no momento.

Seu único referencial de progresso é sua reação a qualquer coisa que esteja acontecendo em sua vida. Isso se relaciona com o significado de “estar neste mundo, mas não fazer parte dele”. Esse estado de ser não pressupõe que não haverá mais desafios, mas que você saiba como reagir a eles e reconhecer sua função pedagógica. É como se tornar como a água e adaptar-se a qualquer lugar para onde o rio da vida o levar, enquanto permanece ancorado em si mesmo e na sua orientação interna enraizada no corpo. Também se relaciona a permanecer na consciência não reativa do ponto zero. Todavia, também podemos nos enganar para estar na consciência não reativa do ponto zero e ficar presos na pseudo-calma superficial e na falsa consciência não reativa. Por exemplo, pessoas muito centradas na cabeça e desconectadas de seus corpos e das experiências somáticas internas podem não reagir emocionalmente aos desafios externos e manter uma “cara de blefe” dissociando-se, à medida que a reação emocional real é suprimida no inconsciente e racionalizada.

Essa é uma reação mecânica que pode ser o resultado de muitas existências de supressão ou trauma grave no passado. Ou a pessoa pode sentir o atrito internamente, mas negar os sentimentos e emoções que surgem (ou julgá-los como “ruins”) e, portanto, reprimi-los ainda mais. Muitas pessoas, então, mantêm uma máscara superficial de “calma” que resulta em mais armadura e rigidez no corpo onde as emoções reprimidas são armazenadas. O medo de sentir emoções é pior do que realmente senti-las. Isso pode resultar em viver uma vida não autêntica externamente, enquanto sua experiência interna é suprimida e impelida para o inconsciente, criando apenas um amortecedor e um curativo, dando a ilusão de “felicidade” em um nível superficial que criará mais dor a longo prazo.

De fato, a maioria das pessoas do mundo vive nesse estado desencarnado, tendo se tornado insensíveis à vida e a si mesmas. Em outras palavras, elas estão sofrendo, mas não sabem que estão sofrendo, porque estão emocionalmente desconectadas. É também por isso que a compaixão e a empatia são tão importantes em relação a nós mesmos e aos outros (não apenas de forma intelectual, mas genuinamente sentindo isso), sem cair na compaixão cega/ignorante, quando os limites precisam ser estabelecidos. Tudo o que foi reprimido dentro de si, emocionalmente, precisa ser sentido e transmutado em algum momento, seja nesta existência ou nas próximas. A única maneira de sair é entrar e passar. Esse processo também depende da “maturidade” da alma/psique e quando ela estiver pronta para “ir para lá”. Quanto mais sincero você for consigo mesmo e com seu trabalho interno, mais poderá “acelerar” o processo de evolução de sua alma. Entretanto, nenhum passo pode ser ignorado e não há atalhos.

Bernard Guenther

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com

EQUILIBRE A INTUIÇÃO COM A LÓGICA

Deixe um comentário

(Inspiração Diária de Kate Spreckley)

4 de fevereiro de 2022

Desde o início de 2022, fomos incentivados a refletir e a contemplar nossas vidas, redefinir nossas prioridades e considerar as escolhas e mudanças que devemos fazer agora. Como resultado, temos uma compreensão mais profunda da transformação interior que ocorreu e das mudanças necessárias para apoiar uma vida mais intencional e com mais propósito. Fevereiro marca um ponto crítico em que assimilaremos, integraremos e começaremos a aplicar o que aprendemos nos últimos anos.

A energia da mudança continuará a crescer este mês trazendo novos insights e perspectivas diferentes. O que você originalmente imaginou para o seu futuro pode precisar ser ajustado ou revisto, pois velhos sonhos e intenções podem não mais ressoar com a direção em que você está se movendo agora. Lembre-se de que não há pressa para alcançar ou atingir metas. Trabalhe com as energias para explorar suas opções, equilibre sua intuição com sua lógica e esclareça seu próximo passo.

http://www.spirit-pathways.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

PERMITA QUE SUA LUZ BRILHE

Deixe um comentário

(Mensagem de Jeshua canalizada por Pamela Kribbe)
Fonte: https://www.jeshua.net/channelings/mornings-with-jeshua/allow-your-light-to-shine/

Queridos, eu sou Jeshua. Estou aqui, entre vocês, e me conecto com seus corações. 

Vocês me são muito queridos; sintam meu amor e carinho. Todos vocês estão carentes de carinho; vocês perderam o aconchego, afeto e amor em suas vidas. Vocês vieram para a Terra com uma memória, um conhecimento interior, do que o amor é; conheceram o amor ilimitado, absoluto; não o amor dependente, possessivo que prevalece tanto na Terra. Vocês conheceram o amor livre, aberto, que oferece à outra pessoa o espaço para ser quem ela é, e também lhes oferece o espaço para ser quem vocês mesmos são. Nesse espaço livre, vocês podem sentir-se seguros e protegidos, ancorados em seu próprio ser. 

Vocês vieram aqui para trazer esse tipo de amor à Terra. Vocês são os Trabalhadores da Luz, portadores de uma nova consciência. Mas, para espalhar essa Luz e Amor aqui, é necessário, primeiro, que cada um de vocês se lembre perfeitamente do seguinte: o verdadeiro significado do Amor é Liberdade em Segurança. E isto acontece quando lhe é permitido desenvolver-se plenamente – radiante e poderoso – mas, ao mesmo tempo – com muita doçura e ternura. Esta é a sua verdadeira natureza; é isto que você é. Você é um anjo que veio aqui para plantar as sementes da Luz – lembre-se disto!

Mas fazer isto aqui é uma tarefa extremamente difícil, porque ao nascer como bebê, você entrou em esquecimento e perdeu a memória das suas origens. Você absorveu todas as energias humanas pesadas – os medos, a tristeza, a dor – que dominam a atmosfera humana na Terra, e assumiu-as. Geralmente, na primeira metade da sua vida, você acaba se perdendo nessas energias, porque se identifica com elas. Você é incapaz de distinguir entre aquilo que você absorveu e aquilo que você realmente é, e assim perde o domínio da sua vida. 

Entretanto, em um nível mais profundo, você sabe que fez este sacrifício para, no fim, transformar, a partir de dentro de si mesmo, as energias humanas pesadas da Terra; para ativar a Luz a partir de dentro. Este é o propósito do seu salto às encarnações na Terra. E você já chegou tão longe, que começou a despertar interiormente. Você está gradativamente se lembrando de quem você é; da leveza e liberdade disso; da flexibilidade de sua verdadeira natureza.

Agora mesmo, neste momento, permita que esses sentimentos despertem, de forma bastante deliberada, em todas as células do seu corpo. Seu corpo é um ser consciente, não apenas um monte de matéria. Ele vive do que está dentro de você, e sua consciência é sua autoridade máxima. O que, em última análise, determina as condições do seu corpo não são as influências materiais. No final, é você quem determina essas condições, através das suas próprias escolhas, através da sua consciência.

Agora você está consciente da sua Luz, das suas origens, do seu Ser Angélico. Abandone a escravidão da atmosfera humana da Terra para que, tanto quanto possível, as energias humanas de desespero, dor e sofrimento não o afetem. Você é pleno de Luz; ela flui dentro e em torno de você, ela é você! A Luz não vem de cima, nem de fora; ela vem de dentro. Você atrai sua alma e a acolhe na Terra.

Agora imagine a cor da sua alma e permita que ela flua pela sua aura, da sua cabeça aos seus pés. Acolha a sua alma e saiba que você é independente das influências pesadas e perturbadoras da atmosfera terrestre. Encontre sua essência original, voltando-se para o seu coração. Perceba como aí existe uma Fonte de Luz Cristalina. E, nesse cristal, nessa fonte, há um conhecimento, um sentimento interno, que lhe oferece tudo o que você necessita. Sinta a clareza, a simplicidade e o amor na energia desse cristal e saiba que você é livre. 

Agora, olhe para a situação do seu dia a dia que o faz sentir-se pesado ou agitado. Imagine essa Luz do seu coração fluindo em direção a esse peso, e envolva a situação com sua Luz Interior, a Luz da sua alma. Então, observe a sua reação à situação… se você a deixa como está, ou tenta transformá-la; se segue em direção a ela ou se afasta dela. Sinta-se livre e sem restrições para fazer o que sentir que é certo. Você não depende de nada nem de ninguém para fazer suas escolhas. Sua Essência Divina é eterna e sábia, é imensamente forte. Deixe sua Luz brilhar livremente! Não tenha medo. 

É esta Luz que é necessária na Terra. Há muita dor e sofrimento na Terra, e você fez parte disso. Você sabe o que é sofrer uma dor, ficar cego pelas ilusões de medo e desesperança. Estas experiências lhe ofereceram uma vivência profunda do que é ser humano, e fazem parte da sua jornada para se tornar plenamente consciente. Aceite essas experiências, mas saia delas e fique livre disso. Lembre-se quem você é – você é um professor! Você plantará sementes de consciência, e é livre para experimentar alegria e abandonar o sofrimento ao fazê-lo. 

Muito obrigada a todos vocês pela atenção. Eu os amo.

Jeshua 

© Pamela Kribbe

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@gmail.com 

adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com