COMO UTILIZAR A CHAMA DA RESSURREIÇÃO

Deixe um comentário

27/01/2022

Grupo – O que você está dizendo é que se estamos orientados pelo medo ou pela emoção negativa, a energia que conduzimos está sendo mal utilizada. Originados da Fonte Criadora, os elétrons estão impregnados de amor e vivos com consciência, fluindo para nós para nossa utilização.

Adama – Exatamente, isso é constante em todos os universos. Os elétrons representam a energia que vocês utilizam para criar a vida diariamente. Se abusarem dos elétrons ou da energia, isso produz campos de escuridão interna e externamente. Se abusarem deles para criar medo dentro de si ou projetar esse tipo de energia para os outros, sob a forma de dúvidas e julgamentos, os elétrons do próprio corpo se distorcem e finalmente produzem doenças, enfermidades, falta de vitalidade e envelhecimento etc.

Grupo – Como a utilização da Chama da Ressurreição corresponde às nossas necessidades, enquanto estamos avançando para a mestria, obtendo sabedoria e compreensão de nossas experiências?

Adama – Antes de tudo, vocês precisam compreender que a Chama da Ressurreição não é a única Chama que nutre a vida. Vocês não podem abusar livremente da energia de Deus sem consequências. Quando vocês qualificam a energia de Deus com amor, os elétrons começam a fluir de maneira diferente, produzindo harmonia, porque essa é a natureza deles. Sua natureza é divina e a deles também.

Vocês têm que trabalhar com suas emoções e se tornar muito conscientes de seus padrões de pensamento e de suas ações. Podem invocar a Chama da Ressurreição para ajudá-los a restaurar a harmonia em suas vidas e curar todos os seus problemas. Quando começarem a requalificar a energia ou os elétrons com as Chamas Divinas, os elétrons começarão a girar no sentido horário em vez de no sentido anti-horário. Esse trabalho interior precisa ser adotado como um modo de vida, “progresso em ação”, não algo que vocês fazem apenas de vez em quando. Essa é sua tarefa mais importante e a chave para a liberdade espiritual pela qual vocês anseiam.

As dádivas desta Chama são impessoais, não limitadas a um ser de dois mil anos atrás, mas a todos os filhos do Criador, a qualquer momento, em qualquer lugar. Algumas pessoas a utilizam para suas finanças: “Eu sou a ressurreição e a vida das minhas finanças”. Outros, para sua cura: “Eu sou a ressurreição e a vida da minha saúde perfeita”. Quando começarem a utilizá-la, muitas coisas virão à consciência para o seu crescimento espiritual. Antes que possam receber o que desejam, talvez seja necessário capinar o jardim de sua consciência. À medida que se concentrarem no objeto de seus desejos, o que precisa ser realinhado lhes será demonstrado e, à medida que mudarem sua consciência, a vida mudará para melhor.

Sabem, a velhice e a degeneração nunca foram atributos naturais da vida. A aparência de seu corpo físico é determinada pela quantidade de luz transportada em seus veículos inferiores: os corpos emocional, mental, etérico e físico. A emanação natural de luz através desses sistemas corporais forma a parede protetora chamada de tubo de luz ao seu redor. Quando os elétrons se movem lentamente em seus órgãos e células particulares, eles atraem menos luz do seu Eu Superior, criando resistência e um fluxo de luz mais fraco. Quanta vitalidade vocês terão em seu corpo e como começarão a sentir tem a ver com a rapidez com que os elétrons podem girar em seus corpos.

Quanto mais toxinas vocês tiverem e quanto menos luz mantiverem, mais lentamente os elétrons giram, incentivando a velhice, as doenças, o desalinhamento e o mau funcionamento de seus órgãos, glândulas e sistemas. Com o tempo, todo o seu corpo começa a experimentar o envelhecimento. Em Telos, alcançamos a imortalidade porque aprendemos a nos manter e a tudo o que fazemos em nossas vidas físicas,  nossas atitudes mentais e nossos corpos emocionais totalmente livres da negatividade. Nós nos purificamos regularmente com as muitas ferramentas que estamos lhes ensinando. Nossos elétrons estão girando na velocidade que mantém nossos corpos sempre jovens e bonitos. A imortalidade não é tão misteriosa assim, uma vez que vocês comecem a compreendê-la, mas sim, um desenvolvimento gradativo da “vida real” que é divina e natural.

(Livro:  As Sete Chamas Sagradas, de Aurelia)

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.comwww.adavaiwordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.