APAIXONE-SE POR VOCÊ!

Deixe um comentário

14/01/2022

(Maria Madalena)

Você se ama? Ama quem você é e quem você está se tornando? Respeita sua vida, seu caminho, sua luz? Apaixonar-se por si mesmo é o melhor presente para se dar. Estará consigo mesmo por toda a eternidade, então por que não começar, agora mesmo, a estar apaixonado por você? Ame as pequenas coisas sobre si. As coisas maiores. As coisas estranhas. Todas as pequenas curvas e rachaduras, as dobras e superfícies bojudas. Quando começamos a nos amar, sabia que mais pessoas se sentem atraídas por nós?

O autoamor é uma qualidade poderosa para se cultivar porque eleva nossa vibração. Além disso, nos faz irradiar uma vibração mais elevada para que outros possam seguir nossa luz. Somos enviados aqui para a Terra como faróis de amor e frequência de luz. Para revelar nossos dons, ativamos nossa luz e, então, ela conduz os outros de volta à  luz deles. Se você puder fazer qualquer pequena coisa para acender sua luz, então contribuirá para a missão global de trazer outras pessoas de volta para casa. Esse era o objetivo de Yeshua e de muitos dos mestres ascensos. Supõe-se que façamos uma história tão convincente que você se lembre dela e se inspire no diálogo

O chamado mais elevado é deixar brilhar sua luz. O destino mais elevado é criar sua vibração de modo tão claro e vibrante que outros se inspirem em sua canção. A importância é não se preocupar com a percepção que os outros tenham sobre você. Desde que você não os machuque. Lembre-se, quando você deixa brilhar sua luz, os outros podem ficar com inveja, ciúmes e cheios de ódio. Isso é problema deles. É importante que eu diga isso porque é preciso força para amar a si mesmo. A negatividade do planeta estimula os outros a lutar e a entrar em conflito com seus eus inferiores, em lugar de os eus superiores mais amorosos e mais angélicos. Parte da prática é escolher conscientemente chamados, ações e palavras superiores.

Amar a si mesmo é uma expressão radical de amar a Deus. Trata-se de uma energia profunda de viver no momento e na essência dos reinos mais elevados e do Divino. Esta foi uma imensa lição para mim, por isso eu sei que esse foi o motivo de eu ter passado por tanto tumulto e julgamento. Por que, este ano, não aprender a se amar? Faça-o de qualquer maneira que puder. Qualquer forma que você possa começar. O dedão do pé, o cabelo crespo, sua energia, sua criatividade e sua paixão. O que quer que você ame em si mesmo, que foi ordenado pelo divino, ame-o, expresse-o, cuide dele, seja isso. Seja você. Experimente algo novo para este Ano Novo. Eu o amo!!

Carolyn Coleridge

Tradução de Ivete Brito – adavak@me.comwww.adavai.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.