MANTENHA ESSE OLHAR IMPERTURBÁVEL

Deixe um comentário

(De 5 de novembro a 10 de dezembro de 2021: Temporada de Eclipses

Sarah Varcas, 10/11/2021)

Fonte: https://astro-awakenings.co.uk/5th-november-10th-december…

19 DE NOVEMBRO: Eclipse Parcial da Lua no 28º grau de Touro

4 DE DEZEMBRO: Eclipse Total do Sol no 13º grau de Sagitário

OBS: Todas as datas estão em UTC

Esta segunda e última temporada de eclipses de 2021, que começou em 5 de novembro, apresentará um eclipse lunar no 28º grau de Touro em 19 de novembro, seguido de um eclipse solar no 13º grau de Sagitário em 4 de dezembro (que é, também, uma superlua), antes de terminar em 10 de dezembro de 2021. Duas semanas depois, teremos a quadratura exata final entre Saturno e Urano, no dia 24 de dezembro, encerrando mais este ano extraordinário.

Mas, neste momento, antes de fazer qualquer outra coisa, inspire profundamente. Endireite sua coluna. Olhe diretamente para a frente com um olhar firme. Sinta-se enraizado profundamente na terra, conectado a um circuito que recebe energia de todas as direções: de cima, de baixo, de todos os lados. Sinta essa energia fluindo para dentro de você, através de você, ao seu redor. Acolha a parte que lhe cabe nesse circuito de energia. Sinta como você é crucial para esse fluxo energético. Sinta-o recarregando-o enquanto você, em troca, o entretece em sua própria vibração única, compartilhada com o campo energético mais amplo.

Lembre-se desta sensação – desta força e vibração – e volte a ela muitas vezes ao longo do seu dia. Sempre que puder, simplesmente pare, tome uma inspiração profunda, mantenha um olhar firme e sinta quem e o que você realmente é. Esta é a verdade de quem você e eu somos – Energia! – fluida, revitalizante, resiliente, renovadora, recalibradora. Este é o Eu que nada nem ninguém pode diminuir, escravizar ou destruir. Isto é o que nós somos.

ATÉ OS SAPOS ESTÃO DESPERTANDO!

O negócio é o seguinte: algo de ruim está para acontecer! Desculpe-me ser tão direta, mas por que medir palavras? O proverbial sapo, ao ser cozido vivo, percebeu que as coisas estão esquentando demais para o seu conforto. O centésimo macaco já se inscreveu. Mais e mais pessoas estão abrindo os olhos e já estão fartas! Contra esse pano de fundo, estas últimas semanas do ano aceleram a expansão feroz de seres insubmissos que estão se levantando para reivindicar seu poder.

Mas o desafio ainda está longe de terminar. Não há como voltar atrás; apenas avançar em direção a um novo mundo. As sombras mais escuras deste reino foram expostas nos últimos dois anos. Forçadas a penetrar na luz para efetivar seu “gran finale” – a conquista do poder total – elas estão vulneráveis e enfraquecidas pela exposição, enquanto a firmeza do nosso olhar e a retidão da nossa postura as enfraquece ainda mais. Portanto, continue com essas inspirações profundas! Mantenha esse olhar imperturbável. Recuse-se a ser diminuído!

Aguente firme!

SEDNA ESTÁ DE VOLTA!

O eclipse lunar em 19 de novembro ocorrerá num momento em que cada vez mais pessoas em todo o mundo estão sendo coagidas e obrigadas a se submeter a uma intervenção médica experimental, senão perdem seus empregos, seus meios de subsistência, sua renda, sua segurança, seu acesso a assistência médica, sua participação na sociedade. A resistência já é forte, sim. Mas esse eclipse proporciona o poder de torná-la mais forte. Em Touro, o mais terreno dos signos do elemento Terra, a Lua eclipsada está sob a pressão do Sol de Escorpião, que está ansioso para levar adiante o programa iniciado na conjunção de seu regente, Plutão, com Saturno, em janeiro de 2020. Mas este é apenas um eclipse parcial: a pressão será sentida, sim, mas não precisa vencer! Sedna está em conjunção com esta Lua, com toda a sua intensidade e poder. Ela se recusa a ceder. Ela não vai largar nem desistir. Sedna sofreu uma traição indescritível, quando seu pai a jogou ao mar para se salvar e cortou seus dedos enquanto ela se agarrava à lateral de seu barco. Ela sabe o que significa ser lançada nas profundezas, sacrificada pelos planos de outrem. Ela sabe o que é não significar nada para aqueles de quem se depende para sobreviver.

Sedna entrou em cena durante a Lua Azul em agosto. É a guardiã destes tempos; intensa e inflexível, recusando-se a esquecer o que foi feito. Obriga os outros a prestar contas; é implacável. Ela nos aconselha – “Cuidado com aqueles que exigem que você perdoe e esqueça, ou com aqueles que não admitem a gravidade destes tempos, pois muitos fizeram vista grossa para nos levar aonde estamos hoje. O espírito guerreiro não cede nem um passo quando a liberdade e a nossa própria humanidade estão em jogo. Ele se mantém firme e defende sua posição; recusa-se a ceder ou se entregar.” Sedna nos dá essa determinação e firmeza de caráter. Ela nos encoraja a recuperar nossa energia de tudo o que nos diminui e investi-la no momento presente, para semear um futuro de liberdade.

Implacável e inflexível, Sedna raramente é um hóspede bem-vindo, mas tempos intensos exigem medidas intensas. Para manter a linha da liberdade, devemos desafiar aqueles que procuram destruí-la… e seus colaboradores. Diga a verdade e recuse-se a deixá-los dominar. Como Sedna, não devemos nos satisfazer com migalhas de liberdade aqui e ali, mas, em vez disso, devemos negar nosso consentimento a ser confinados, até que sejamos realmente livres.

VOCÊ NÃO ESTÁ SÓ

Com Marte em oposição a Urano durante o eclipse lunar, e Plutão em quadratura com Eris em ambos, tudo pode acontecer! O impacto dos eclipses se estende pelos seis meses seguintes. Tudo tem suas consequências, e o que ocorrer agora definirá o cenário para os eventos, à medida que este ano se encerra e um novo se inicia. Mas, com Urano, o planeta da libertação, ativado por uma oposição de Marte, muitos estarão resistindo à pressão para se conformar, cada um a seu próprio modo. Portanto, mesmo que lhe pareça e que você sinta que está sozinho em sua resistência, você não estará! Pois cada afirmação da verdade, cada momento vivido com uma mente liberada e um coração livre, adiciona mais uma gota ao tsunami do despertar que varre o globo.

O eclipse lunar de 19 de novembro ocorre no Nodo Norte da Lua – local onde liberamos os laços com o passado e adentramos o nosso futuro. Ainda em Gêmeos, esse Nodo nos encoraja a questionar tudo, a nos expressarmos, a criar conexões, construir comunidade, explorar novas perspectivas. Ele derrete aqueles que estão congelados de medo, simplesmente perguntando-lhes “de quem são os pensamentos que você está pensando, e por quê?” Ele nos lembra que o medo é um vírus; propaganda política é um vírus; dividir para reinar é um vírus; segregação é um vírus.

Este eclipse desafia aqueles que repetem o que ouvem sem pensar e reagem sem refletir. Em um mundo onde ter a temeridade de formar sua própria opinião pode torná-lo um pária da sociedade, fazer perguntas, ouvir opiniões diferentes e buscar respostas diferenciadas é uma ação revolucionária de poder.

Portanto, enquanto a lua estiver eclipsada, abrace esse poder disponível para todos.

Não aceite nada com base na primeira impressão. Não permita que ninguém o envergonhe por fazer perguntas, pensar com profundidade, contrariar a tendência, falar o que pensa. Precisamos daqueles que estão preparados para se manterem firmes e se pronunciarem. Muitos que antes falavam sobre verdade e liberdade permaneceram em silêncio este ano.… ou pior. Mas outros foram semeados no lugar desses, e o coro crescente de vozes pela liberdade está ficando cada vez mais ousado e belo, no rastro dos que os antecederam.

TIRANOS DESESPERADOS E CORAÇÕES DESTEMIDOS

Esta temporada de eclipses chama a atenção para um estado de coisas desagradável que se consolidou recentemente e precisa ser encerrado. Estamos no ato seguinte agora. A cortina se levantou e a cena da batalha começa. Devemos falar de batalha com todas as suas conotações negativas de conflito polarizado? Ou deveríamos reformulá-la para algo mais palatável e cortês? Não; não agora. Porque esta É uma batalha – de astúcia e sabedoria. Da mente egóica manipuladora contra o coração que tudo vê. Dos poucos a quem entregamos nosso poder e os muitos que agora o estão tomando de volta. Ela exige de nós coragem e firmeza, atos de bravura e ousadia como muitos nunca viram antes, nascidos de um coração corajoso que coloca a verdade acima de tudo e se recusa a transigir.

Com o eclipse solar em 4 de dezembro, e à medida que a prolongada quadratura entre Saturno e Urano for se aproximando da sua conjunção final no dia 24, o desespero dos tiranos ficará claramente visível, enquanto o alarmismo e o despotismo atingem o ápice, para colocar todo mundo “na linha” de novo, congelados de medo. Como esse eclipse ocorrerá no Nodo Sul da Lua – o lugar do passado e de tudo o que está começando a minguar – que estará no início de Sagitário – o signo dos ‘experts’ e aqueles que louvam o poder sobre os outros – certamente veremos o ressurgimento de narrativas e comportamentos familiares usados para controlar a humanidade nos últimos dois anos. Pronunciamentos chegarão rapidamente e em grande quantidade, para justificar um controle cada vez maior. Mas anime-se, pois esses serão decretos frenéticos daqueles que sabem que seu poder está declinando, em face de uma determinação pública cada vez maior.

O impacto imediato e de longo prazo deste eclipse será especialmente sentido no Reino Unido (entre outros lugares), onde o eclipse e/ou o Nodo Sul da Lua caem no Ascendente de todas as capitais nacionais, augurando tentativas de impor mais restrições à população nos próximos meses; na Austrália, onde o Nodo Norte do eclipse cai no Ascendente em Melbourne – a cidade em maior confinamento do mundo – oferecendo força e determinação para o crescente movimento pela liberdade lá; e na Nova Zelândia, onde o eclipse cai sobre o Descendente em Wellington – atenção aos meios que o governo da Nova Zelândia usa para tentar se estabelecer como um exemplo de governo ‘racional e responsável’ no cenário mundial, e ao modo em que essas tentativas serão boicotadas pela verdade!

Portanto, não se deixe enganar pela narrativa “oficial” à medida que este ano chega ao fim, pois existe uma história muito mais importante, ainda a ser amplamente contada – a história daqueles que se recusam a submeter sua mente, corpo ou alma; aqueles que estão construindo suas redes e conexões, ganhando força, permanecendo firmes, manifestando-se. Milhões de pessoas em todo o mundo marcharam pela liberdade este ano. E quantos mais se apresentarão no ano que vem? A onda de pessoas que escolhem a liberdade em vez do medo não pode e não será restringida. É uma força da natureza, que está além da vontade de qualquer indivíduo; é a própria vida se aglutinando em uma expressão poderosa de tudo o que ela pode ser.

SEJA PACIENTE – O CRONOGRAMA É LONGO

Mas, o cronograma é longo, e devemos nos recusar a ceder ao desespero na ausência de uma resolução rápida. Ano que vem, muitos mais despertarão para as mentiras, e nossas fileiras aumentarão. Muitos, que estavam relutantes em fazer isto, encontrarão coragem para acrescentar publicamente sua voz à manifestação da verdade. Eventos nos EUA enviarão ondas de choque por todo o mundo, enquanto navega em seu primeiro retorno nacional de Plutão, que se iniciará a todo vapor em fevereiro de 2022 (falarei mais sobre isso em breve, mas basta dizer que um colapso financeiro é provável). Os desafios continuarão, sim, mas as consequências desse despertar global ecoarão ao longo dos anos que virão, à medida que fizermos incansavelmente tudo o que deve ser feito para que ele manifeste seus frutos.

Não se trata de “recuperar” nossa liberdade; não se trata de recebê-la “de volta”, pois se nossa liberdade pôde ser tirada de nós com tanta facilidade, é porque nunca fomos verdadeiramente livres. Trata-se de vivermos livremente agora e nunca mais entregarmos nossa soberania. Trata-se de coragem firme, intransigente, responsabilidade radical, sabedoria atemporal que nos revela o próximo passo – para cada um de nós individualmente e para a humanidade como um todo. Este é o mundo despertando, como nunca antes, e enxergando através de séculos de mentiras, antes que o nosso futuro nasça de suas cinzas.

Esses eclipses colocarão fogo em nossos corações e ferro em nossas almas. Talvez tenhamos que enfrentar o medo, o ódio, críticas e rejeição no caminho à frente. Mas também encontraremos aliados inesperados, faremos novos amigos, descobriremos nossa poderosa resiliência e compreenderemos o mundo de uma maneira totalmente nova. Olhos que se abriram não podem mais ser enganados; nem mentes que saíram da caixa podem mais ser enjauladas. Então, respire fundo. Endireite sua coluna e mantenha aquele olhar imperturbável…

© Sarah Varcas

© 2021 Awakenings: Astrology With Sarah Varcas.

Todos os direitos reservados. É dada permissão para compartilhar livremente este artigo em sua totalidade, desde que seja dado todo crédito ao autor. E que seja citado o site onde este texto é oferecido gratuitamente: www.astro-awakenings.co.uk.

Tradução de Vera Correa veracorrea46@gmail.com

adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.