CONJUNÇÃO JÚPITER/SATURNO

1 Comentário

(Inspiração Diária de Kate Spreckley)

17 de dezembro de 2020

Em 21 de Dezembro de 2020, os planetas Saturno e Júpiter estarão em sua conjunção mais próxima desde o ano de 1623. O que isso significará para nós aqui e agora ainda está para ser visto, mas um olhar para trás na história pode nos ajudar a compreender os efeitos do caos.

No ano de 1345, estudiosos da Universidade de Paris declararam que a Peste Negra foi criada pelo que eles chamaram de “uma conjunção tripla de Saturno, Júpiter e Marte no 4º grau de Aquário, ocorrendo em 20 de março de 1345”.

Após a Peste Negra, onde um grande número de pessoas morreu, houve uma época de mudanças sociais e econômicas significativas. Não havia mais “servos” suficientes para sustentar o sistema feudal e havia terras disponíveis para aqueles que tinham vontade de nelas trabalhar. A mobilidade social aumentou, os salários aumentaram e a servidão praticamente desapareceu. Era possível avançar e subir mais na vida.

Saturno e Júpiter são conhecidos como os regentes das eras e seu ciclo é considerado a base do desenvolvimento humano marcado pela interação entre a percepção de ideias, potencialidades, possibilidades (Júpiter) e sua manifestação no mundo material (Saturno). Em tempos antigos, os ciclos de Saturno e Júpiter eram usados ​​para prever eventos coletivos importantes.

Considerando a conjunção de 1623, um breve olhar sobre a história do século 17, que cai no período moderno inicial, fornece uma impressão do grande avanço científico, conquistas culturais e estrutura econômica. Sim, foi uma época em que muitas guerras foram travadas, mas também foi a época de Sir Isaac Newton, Galileo Galilei, Johann Christoph Bach, Rembrandt van Rijn e John Law, para citar apenas alguns. No final do século 17, os europeus estavam cientes dos logaritmos, eletricidade, telescópio e microscópio, cálculo, gravitação universal, Leis do Movimento de Newton, pressão do ar e máquinas de calcular. Foi um período de desenvolvimento da cultura em geral, mas principalmente do teatro, da música, das artes visuais e da filosofia.

Saturno e Júpiter estão relacionados à formação de nosso senso de propósito e direção social e à busca da manifestação concreta no mundo. Eles são os planetas da atividade social positiva e construtiva. Os ciclos de vinte anos de seu relacionamento em curso marcam as fases principais em nosso trabalho de desenvolvimento de vida com a conjunção sendo um momento em que podemos formar um novo senso de propósito ou direção social.

Em nossa compreensão dos ciclos da experiência humana, há a consciência de que tudo tem um início, um período de desenvolvimento, um momento culminante, reavaliação e crescimento da consciência, o que muitas vezes é acompanhado pela ruptura de estruturas e, finalmente, o tempo de expectativa em preparação para um novo ciclo de crescimento. O ciclo de Saturno e Júpiter define a história de nossos esforços e, como um par, representa uma atitude positiva e focada na definição de nossas ambições em tudo o que queremos alcançar. No momento de suas conjunções, começamos a ver novos rumos que se revelarão nos próximos vinte anos. Assumimos um novo compromisso e começamos a colocar nossa energia em um projeto que temos certeza que estaremos fazendo em nossas vidas e que é isso o que queremos alcançar.

A conjunção de dezembro de 2020 ocorre em Aquário, que é um signo de ar regido por Saturno (sic)*. Aquário está associado à vida coletiva, propriedade intelectual, tecnologia e inovação. Em termos de Zodíaco, os de Aquário são os visionários, inventores, gênios e humanitários que estão sempre um passo à frente do rebanho. A lição da alma é entrar em contato com suas emoções e resplandecer a sua luz de amor.

O mundo em que vivemos hoje foi estruturado para criar a separação. A pandemia mundial do COVID aumentou essa separação por meio do distanciamento social, sem reuniões e com uso de máscaras. Esses regulamentos destacam o quanto estamos separados. A divisão cultural, social, econômica e religiosa ainda é uma forma de vida nos dias de hoje.

A conjunção de Saturno e Júpiter em 21 de dezembro de 2020 após a chegada de COVID pode proporcionar as energias necessárias para pôr um fim à estrutura separatista e desatualizada do mundo que criamos. Esta será uma época de caos, uma época em que muitos resistirão à mudança inevitável e muitos procurarão criar ativamente mudanças. Aqueles que estão cientes e têm uma compreensão do ciclo de nascimento, morte e renascimento, que podem aceitar as mudanças que reúnem toda a humanidade como um coletivo, precisarão manter a sua luz como um farol em um porto calmo. Mares tempestuosos são necessários para limpar os escombros que não servem a este planeta Terra como um todo e ao coletivo de toda a vida aqui.

Como o condutor do ônibus em um filme de Harry Potter diz “Segurem-se. Será uma viagem turbulenta!” Os passageiros que permanecerem calmos e tranquilos, por favor, ajudem os que não estiverem.

site original: http://www.spiritpathways.co.za/

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

(*) acredito que a autora quis dizer Urano (Ivete Brito)

adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com

Um comentário sobre “CONJUNÇÃO JÚPITER/SATURNO

  1. Concordo plenamente, com a visão e estudo da autora. Acredito também que a autora quis dizer que era Urano que rege aquário, mas com influência de Saturno.
    Muito grata pela partilha do artigo, e pela verdade semeada. Eu Sou Aquariana. Muito obrigado pela sua dádiva ao mundo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.