CONSELHO ARCTURIANO

Deixe um comentário

NÃO EXISTE RECOMPENSA PARA A LUTA

Mensagem canalizada– Os Arcturianos

“Saudações. Nós somos o Conselho Arcturiano. Temos o prazer de nos conectar com todos vocês.

Somos muito capazes de lidar com todas as energias que nos chegam da décima, décima primeira e décima segunda dimensões, assim como com as energias que vêm diretamente da Fonte. Muitas vezes recebemos energias que depois enviamos a todos vocês. Somos muito parecidos com os curandeiros de energia que vocês têm lá na Terra. Eles também recebem energias dos planos superiores, passam essas energias através de seus corpos e depois as entregam a outra pessoa ou pessoas.

Sabemos que as energias que recebemos são para vocês, porque sabemos o que vocês estão pedindo. Também sabemos como recalibrar essas energias, com base em seu último momento de existência. Somos atentos a suas necessidades e seus desejos, e somos apenas um grupo de muitos que estão cuidando de você desta maneira. Então por que então você sente a necessidade de trabalhar tanto e de lutar tanto? Você foi ensinado a acreditar que o peso do mundo está sobre seus ombros e que você deve se esforçar em alguma tarefa ou trabalho para receber o que quiser na vida.

Esta ideia é reforçada para vocês uma e outra vez ao longo de suas vidas, e é baseada na noção de que vocês estão sozinhos, que ninguém está cuidando de vocês. Talvez lhe tenham ensinado que você tinha um anjo da guarda, ou que podia rezar a Deus ou a Jesus Cristo, mas muito poucos indivíduos foram criados com a compreensão de que merecem o que quer que estejam convocando, simplesmente porque eles existem.

Você está aÍ agora para mudar a maneira como a consciência coletiva humana pensa sobre si mesma, sobre seu valor, e se lutar e trabalhar é virtuoso. Aqueles de vocês que lutaram e trabalharam duro sabem que há muito pouca recompensa por trabalho extremamente árduo.

Você está aí para trazer nova luz à maneira como a humanidade pensa sobre sua relação com os reinos superiores, com os não-físicos, com todos os seres e coletivos que nada mais querem do que ajudá-los. Ajudá-lo e os outros é uma das principais razões pelas quais ainda existimos neste universo. Estamos ligados a vocês, assim como todos os outros seres e coletivos dos reinos superiores. Seu sucesso é o nosso sucesso. Vemos e sabemos que não há separação entre nenhum de nós em todo o universo.

E assim, nos perguntamos o que será necessário para convencê-lo de que o que estamos dizendo é verdade e que você pode simplesmente se abrir para receber todas as energias que você convocou e muito mais. Muitas vezes um ser humano só o fará quando atingir o fundo do poço ou quando algo o forçar a desistir e se render. E, nesses momentos, há uma liberação de resistência que é tão poderosa que você deixa as comportas se abrirem e você se torna uma combinação vibracional com o que você convocou.

Nós os convidamos a sentir estas energias agora. Elas estão à sua volta. Elas vieram do mais alto dos pontos altos deste universo. Nós as canalizamos, e agora elas são suas para a tomada. Por favor, aceitem nossas generosas doações.

Somos o Conselho Arcturiano, e gostamos de nos conectar com vocês”.

Daniel Scranton – Fonte: https://danielscranton.com/
Rafaella Dourado e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

À BEIRA DA ESPERANÇA

Deixe um comentário

(Dia 30 de novembro de 2020: Eclipse Lunar no 9º grau de Gêmeos

Sarah Varcas, 25/11/2020)

Fonte: https://astro-awakenings.co.uk/30th-november-2020-lunar…

OBS: Todas as datas estão em UTC

Este eclipse lunar [em 30 de novembro] e seu parceiro, o eclipse solar de 14 de dezembro, fecham a porta para o foco intenso de Capricórnio neste ano. Logo depois desses eclipses, Saturno deixa Capricórnio em 17 de dezembro, e Júpiter segue seu exemplo em 19 de dezembro. Eles, então, formam uma conjunção no primeiro grau de Aquário, no solstício (21 de dezembro). Esta sequência de eventos astrológicos promete um final poderoso para este que está sendo um ano monumental na história da humanidade.

Saturno, Júpiter e Plutão, em conjunção em Capricórnio no momento deste eclipse, falam da abordagem do tipo “o poder faz a justiça”, que vem sendo continuamente usada na nossa atual situação global, na qual uma narrativa dominante de vulnerabilidade e medo tomou conta dos pensamentos e imaginação de inúmeras pessoas em todo o mundo. Os esforços para manter e intensificar essa situação continuarão, sem dúvida, até o final deste ano e depois. Mas a aproximação da saída de Saturno e depois Júpiter, de Capricórnio (signo da autoridade de cima para baixo), e do ingresso de ambos em Aquário (o signo da humanidade coletiva) indica uma mudança significativa do poder de influência. Até o final deste ano, as rodas da mudança terão sido colocadas em movimento, estabelecendo o potencial real para um resultado diferente desta marcha aparentemente interminável em direção à subjugação e tirania globais.

A energia deste eclipse lunar é flexível e mutável; não pode ser determinada. E como cada um de nós a vivenciará, vai depender muito do nosso próprio estado de espírito nesse momento! Com uma quadratura em andamento de Eris com Saturno e Plutão, o desafio é reivindicar nossa própria autoridade de forma sábia e ponderada, não permitindo que outros nos imponham sua própria visão de mundo, nem permitindo que nossos próprios pontos cegos ou sobrecarga emocional nos conduzam por um caminho inútil de reatividade e conflito. Neste momento, o excesso de certeza pode servir para obscurecer nossa perspectiva e distorcer a verdade, assim como mensagens confusas o farão.

Com a constante tensão e pressão que estamos enfrentando, muitos sentem que não há escapatória e nenhum lugar para se esconder. Um número cada vez maior de pessoas sente que não tem nada a esperar, já que as esperanças, projetos e sonhos permanecem congelados enquanto a narrativa do covid-19 continua inalterada. O medo, a perda de esperança, a frustração, as narrativas enlouquecedoras e conflitantes com as quais termos que lidar, em um mundo onde a simples manifestação de uma opinião “errada” pode fazer com que você seja banido, silenciado e vilificado – todas essas coisas contribuem para uma sensação de impotência e fadiga emocional. Às vezes parece até mais fácil não pensar mais por si mesmo, simplesmente render-se ao poder da propaganda dominante e sacrificar o conhecimento interior em favor dos ditames da autoridade externa. Mas este eclipse nos faz lembrar que uma visão mais ampla nos ajudará a escolher bem neste ponto.

É justo dizer que algumas vezes a verdade nos assusta antes de nos encorajar. Em tais momentos, o discernimento sábio pode separar o medo tóxico do medo que podemos enfrentar ao despertarmos para a verdade. Uma mensagem que lhe diz que você é inerentemente vulnerável e dependente de intervenção externa para sobreviver, diz respeito a controle. Uma mensagem que lhe diz “abrace a sua soberania e enfrente o medo de ousar fazer isso” é uma mensagem de poder – por mais aterrorizante que lhe pareça a princípio!

Ocorrendo no mesmo signo do Nodo Norte, este eclipse nos revelará como podemos contribuir da melhor maneira para um futuro digno de ser vivido. Discussão franca é importante. Curiosidade é vital, e flexibilidade é fundamental para nutrir a esperança em meio ao medo e o desespero. Encontrar um interesse em comum é essencial para reconhecermos o aspecto humano daqueles que se opõem a nós. Podemos pensar de formas diferentes, mas somos todos seres humanos infundidos com espírito. Todos nós conhecemos o inferno da raiva, o lento queimar do ressentimento, a comichão da esperança e a inspiração do amor. Todos nós sabemos o que é estar em conflito com um ente querido ou afastado de um amigo querido. E todos nós conhecemos o medo, mesmo que varie aquilo que o ativa em cada um.

Neste momento crítico, quando a humanidade está no limite como nunca antes, há grande motivo tanto para esperança quanto para desespero, tanto para amor quanto para medo. O desafio deste eclipse é estarmos abertos para todas as possibilidades emocionais, embora sabendo qual delas nos move na direção que desejamos ir. Negar o medo não ajuda ninguém. A falsa positividade apenas adia a dor para outro dia. Mas a atenção compassiva aos pensamentos e emoções do nosso verdadeiro presente, infundida com autoaceitação e amor… este é o catalisador que nos permite ser autenticamente reais, não desvirtuados por ansiedades reprimidas e medo sufocado.

Com Netuno ainda em seu próprio signo – Peixes – a importância da unidade compassiva continua inalterada. O medo há muito vem sendo usado para nos dividir, por aqueles que têm o poder de impor uma visão de mundo. Nunca foi tão vital lembrarmo-nos quem nós realmente somos – soberanos, ilimitados e livres – diante de toda e qualquer evidência ao contrário! E ao lembrar quem nós mesmos somos, podemos lembrar uns pelos outros também, apegando-nos ao aspecto humano que nos une, e não à paranoia que nos divide.

O tempo está passando. Mais mudanças estão chegando, gostemos ou não. Não podemos voltar atrás, mas podemos escolher nossa direção futura. Este eclipse lunar em Gêmeos, signo da mente aberta, irá liberar a criatividade e novas possibilidades, mesmo na hora mais escura, lançando luz nas sombras, onde, de outro modo, o medo enfraquecedor poderia se intensificar e crescer.

© Sarah Varcas. Todos os direitos reservados.

É dada permissão para compartilhar livremente este artigo em sua totalidade, desde que seja dado todo crédito ao autor. E que seja citado o site onde este texto é oferecido gratuitamente: www.astro-awakenings.co.uk.

Se você quiser aprender mais sobre astrologia e aprofundar sua compreensão do seu próprio mapa astral, confira meu curso de autoaprendizagem de astrologia [em inglês], atualmente disponível por £ 20.

Sarah Varcas

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@gmail.com

(trechos em negrito por conta do Blog)

É HORA DE RESGATAR O PODER CRIATIVO

Deixe um comentário

Este tópico de vítima para criador é relevante para quase todos vocês. Isto pode ser uma surpresa, mas praticamente todos vocês escolhem não expressar sua verdade ou seu poder através de sua voz ou através de suas ações em determinados momentos. E assim é para cada um de vocês permitir que este processo de vítima a criador trabalhe com vocês para sentir um empoderamento mais pleno em sua vida diária. Sem medo das repercussões que irão prejudicá-lo ou fazer sua energia encolher. Não, porque com o empoderamento e estando no momento, vocês encontram a maneira correta de expressar sua verdade para que ela seja mais facilmente recebida pelos outros. Mas também daquele lugar de empoderamento, a reação limitada ou negativa dos outros não lhe faz mal. Isso não faz com que sua energia encolha. Ele simplesmente o desafia a encontrar maneiras ainda mais belas de expressar aquilo que você deseja expressar para que os outros possam ouvi-lo e compreendê-lo.

Sim, então perceba que é hora de cada um de vocês reivindicar o poder da criação. Está aí. Ele está fluindo através de vocês momento a momento. Mas quando vocês começam a reivindicá-lo conscientemente, quando começam a pretender com sua comunicação a amar, expressar sua verdade, e expressar sua liberdade e criatividade e sua abundância e seu amor, isto é empoderamento. Isso é ser um criador inteligente, desperto e alerta. Este é o convite a todos e cada um de vocês.

Alcazar Quontes  – Fonte: http://voyagesoflight.blogspot.com/
Rafaella Dourado e Marco Iorio Júnior — Tradutora e Editor exclusivos do Trabalhadores da Luz

adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com