A ERA DA DESINFORMAÇÃO

Deixe um comentário

Parece um paradoxo estarmos vivendo em uma época tão voltada para a informação devido ao aumento dos meios de comunicação nesta chamada Era Digital, mas, ao mesmo tempo, nos depararmos  com diversos pontos de vista, opiniões, crenças, ideias, suspeitas, condicionamentos limitantes, invencionices, conceitos inapropriados, que nos fazem sentir como se estivéssemos em um manicômio global.

É bem verdade que vivemos em uma ilusão tridimensional, construída para que pudéssemos fazer parte do jogo da dualidade, sem que nos lembrássemos de quem realmente somos, a fim de experimentarmos os resultados das nossas criações, sem prejuízo de fraudarmos as regras do jogo, que deve ser jogado na inconsciência, para cumprir sua finalidade.

No entanto, como tudo que é dual, chegamos a um impasse severo em que se jogam os dados e vale tudo…ou nada! Surpreendo-me ao perceber uma espécie de loucura coletiva em que as pessoas, no afã de se sentirem seguras, buscam soluções que beiram o nonsense. Tudo bem que muita coisa esteja vindo à tona nos últimos tempos, que exista muita sordidez ligada ao comportamento humano, desde priscas eras, e que não tem diminuído com a sofisticação da chamada civilização. Pelo contrário, a impressão que se tem é de que tudo tem piorado, quando, na verdade, se trata do fato de que os meios de comunicação vêm cumprindo com mais eficiência o seu papel em nível global.

As pessoas parecem necessitar de âncoras para se estabilizarem, daí passam a valorizar questões que nem ao menos lhes dizem respeito, aspectos da realidade são levados a uma análise absurda e inútil, na tentativa de calar a voz dos seus medos, conforme buscam pistas que lhes assegurem de que estão com a razão, perdendo a perspectiva porque se prendem aos detalhes.

Percebo o desperdício de tempo e energia nisso tudo, em vez de um empenho sério e resoluto em voltar-se para dentro de si mesmos e encontrar ali a derradeira verdade de cada um, porque quanto mais se busca lá fora, mais se perde a verdadeira essência.

Com a chamada pandemia, o mundo enlouqueceu um pouco mais em muitos sentidos. Faltam coerência, sensatez, reflexão, divulga-se tudo o que se ouve, sem que haja, no mínimo, uma ligeira análise, que poderia refutar a veracidade daquilo que parece um fato consolidado, em que conceitos opostos são defendidos como únicos e verazes. A vergonha ou a culpa de se disseminar mentiras parece não existir mais, e, em seu lugar instalou-se, não um pedido de desculpas sincero, mas sim, um jogo de palavras na tentativa de demonstrar que se está certo, mesmo que os fatos provem o contrário. É como se estivéssemos experimentando uma dissonância cognitiva geral e irrestrita e que até nos surpreendemos quando conseguimos trocar algumas palavras com um interlocutor, sem maiores discussões. A verdade de cada um está sendo levada às últimas consequências, à medida que se tenta o equilíbrio em meio ao caos instalado. Haja saúde mental para garantir minimamente a harmonia necessária para que não fiquemos à deriva, em um momento quando tudo que precisamos é estar unidos, sem, contudo, perdermos a individualidade.

Nossa civilização está agonizante, enquanto novos começos acenam, chamando-nos para que participemos de uma outra rodada de experiências nesta interminável escalada da evolução. Que venha o novo, porque o velho já não tem mais condições de perdurar, e que o nosso verdadeiro ser desabroche por completo para que tenhamos um refrigério em nossas almas, indicando que cumprimos a nossa parte ao vir à Terra neste momento tão magnífico quanto estonteante.

O ancoramento é interno para não sermos levados pela onda da insanidade coletiva. Fé, confiança e centramento. Não podemos nos dispersar de nós mesmos. Não agora! Que a coragem e a paciência sejam nossas parceiras neste momento tão delicado. Avante companheiros de jornada! Estamos juntos, apesar das aparências.

Ivete Adavaí

adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

SEMENTE CRIATIVA PARA UMA REALIDADE MAIOR

Deixe um comentário

MENSAGEM DA ‘EQUIPE’

(Peggy Black e a ‘equipe’)

Estamos aqui oferecendo nosso amor e orientação para aqueles que estão lendo estas palavras. Nós os vemos. Nós os vemos em sua magnificência. Oferecemos palavras para inspirá-los a acessar o seu poder pessoal. Pratiquem elevar sua vibração a cada respiração.

Vocês estão vivendo momentos desafiadores. O que é mais importante para vocês compreenderem é que em toda a adversidade, em toda dor de cabeça, em todo desafio há uma semente criativa para uma realidade maior. Vocês são ilimitados. Digam isso com frequência para si mesmos: Eu sou ilimitado. Quanto mais isso for abordado e reivindicado mais se torna. 

As experiências externas com que vocês podem estar lidando vão lhes oferecer a oportunidade de transformar e transcender essas realidades muito limitadas. O caos a que estão testemunhando ou do qual vocês fazem parte, é o empurrão, o estímulo de que vocês precisam para alcançar o poder criativo pessoal. Quando tudo é fácil, a maioria das pessoas não se esforça. Parece que somente se esforçam e reivindicam o poder pessoal ilimitado quando são confrontados por um desafio.

Já falamos disso muitas vezes. Estes são os tempos em seu planeta que estão forçando os aspectos negativos e disfuncionais a virem à luz da consciência. Vocês, meus queridos, são a luz da consciência. São vocês que estão produzindo as grandes e importantes mudanças em seu planeta.

O único meio de alterar uma realidade é pela mudança da consciência coletiva. Comecem a observar onde e quando os outros estão se levantando e falando a verdade. Em seus pensamentos e imaginação, deem-lhes apoio.

Também falamos com frequência do verdadeiro, incrível e ilimitado poder de sua imaginação. Quando vocês conseguem começar a imaginar algo certamente estão dando a isso a sua energia, seu foco. Assim, certifiquem-se de que estejam concedendo sua energia e foco àquilo que vocês realmente, de fato, querem. Considerem, quando vocês se concentram no que não funciona, naquilo que vocês não querem, no que vocês não têm, estão nesse momento oferecendo sua energia e se concentrando naquelas mesmas coisas que vocês não desejam. Portanto, utilizem o seu poder com cautela.

Vimos dando muitas sugestões de como vocês podem utilizar a imaginação criativa para o seu benefício. Na quietude do seu espaço e na tranquilidade de sua mente, respirem de modo suave e consciente. Quando se sentirem calmos e prontos, comecem a imaginar um espaço sagrado ou criem uma Câmara Alquímica. Tornem esse espaço tão real quanto possível; imaginem as cores, a decoração, as dimensões. Esse espaço é elegante ou simples? É familiar ou novo? Onde supõem que esse espaço exista?

Deem-se o tempo para trabalhar com essa ideia. Permitam-se brincar com o conceito como um brinquedo novo. Existem muitos jogos de computadores que permitem que se brinque em uma realidade que é somente imaginária.

Esse é um espaço sagrado em que vocês agora podem imaginar ou criar qualquer experiência. Lembrem-se de que aqui não há limitações. Nosso transdutor tem todo o composto das Câmaras Alquímicas. Ela criou uma câmara de cura para si mesma. Muitas vezes quando está dormindo, ela imagina-se reclinada nessa câmara e convida os curadores divinos a esse espaço a fim de ministrar a ela enquanto dorme. Ela criou uma sala de diretoria celestial e quando está começando um projeto, ela vai a esse espaço em sua imaginação e invoca-nos, e aos mestres e avatares para apoiar e inspirar suas ações com esse projeto. Ela criou um aposento simples e aconchegante, em que pode convidar qualquer pessoa, física ou não-física, para se comunicar com ela. Utiliza esse espaço para esclarecer questões com os entes queridos ou compartilhar ideias que não poderia fazê-lo pessoalmente por causa do ego deles ou da mentalidade limitada.

Ela criou um grande espaço de reunião e vai com frequência a esse espaço e imagina que pode apelar a outros indivíduos de mentes semelhantes para se reunirem a ela enquanto faz um trabalho de cura global, por meio de sons ou orações. O mais novo que ela criou é um espaço em que apela à presença de bilionários e milionários e os convida a considerar a possibilidade de fazerem doações em prol do planeta.

Depois, ela assiste ao noticiário e lê os jornais para verificar quem ouviu o convite e respondeu com a doação. Tornamos a afirmar que é ilimitado. A imaginação é um dos dons mais poderosos que vocês possuem. Pode-se mesmo chamá-la de superpoder.

Aqueles dentre vocês que desejam ensinar, criem uma Câmara Alquímica com uma sala de aula e convoquem todos os alunos que gostariam de se reunir a vocês enquanto vocês ministram essa aula. Esse é realmente um ensino remoto.

Acreditamos que vocês captaram a ideia. Nós os incentivamos a que se expandam nisso. Querem escrever um livro, certamente criem sua câmara em que vocês podem ir e se inspirar a compartilhar as suas ideias. Compreendemos que vocês têm uma importante decisão política a ser tomada, comecem a imaginar o resultado que preferem. Lembrem-se de não pressionar contra o que vocês não querem ou não gostam, porque senão vocês estarão lhe dando sua energia e seu foco.

O mundo está em uma etapa de transformação. Vocês podem oferecer energia e ideias utilizando a capacidade de visualizar e imaginar uma realidade melhor. Vejam uma realidade em que todos prosperam. Vislumbrem uma realidade em que haja harmonia e igualdade.

Comemoramos com vocês e os honramos à medida que estão realmente criando esta nova realidade. Convoquem todos os seres divinos e os mestres para se juntarem ao seu trabalho e serviço. Lembrem-se de que adoramos ser convidados.

A ‘equipe’

Direitos Autorais:

© 2020 Peggy Black – Todos os direitos reservados. Aviso: É proibida a produção de vídeos por pessoas que não sejam: autora, canal e escriba. Vocês podem compartilhar esta mensagem e distribuí-la desde que nada seja mudado, que deem crédito à autora e incluam este aviso de direitos autorais e o endereço do site, bem como à pessoa que de fato traduziu.

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com www.adavai.wordpress.com –

Site original: www.MorningMessage.com