Você está fazendo as suas escolhas a partir do Coração ou do Ego?-22/08/17

Deixe um comentário

(SABEDORIA DOS ANJOS, canalizada por Sharon Taphorn)

Tempos de Mudança

É um momento em que você deve escolher. Você está colocando muita importância nos itens materiais, no ego e ficando preso em todo o drama do mundo, ou está focado em seu próprio crescimento e compreensão?

Confie que há uma razão para tudo o que acontece e se afaste das emoções negativas ou do drama dos outros. É o momento de terminar qualquer dependência que tenha em relação aos outros ou as suas situações e permita que eles sejam responsáveis por suas próprias ações, assim como você é responsável pelas suas.

Seja grato, pois você tem muito a celebrar. Tome medidas para garantir a sua segurança e invista seu tempo e dinheiro com sabedoria. Concentre-se nos profundos sentimentos de paz e de felicidade e não se permita ficar preso nos medos ou preocupações, nos outros ou em sua própria vida. Veja a resolução de todas as dificuldades e apenas continue avançando.

O Mantra para hoje é: “Eu confio que há uma razão para tudo e o meu foco está nos planos e etapas para a minha segurança financeira, nos sentimentos de paz, felicidade e uma vida alegre.”

E assim é.
Você é muito amado e apoiado, sempre
Os Anjos e Guias
Thank you, Mahalo, Merci, Gracias, Vielen Dank, Grazie, Спасибо, Obrigado, 谢谢, Dank, 謝謝, Chokran,Děkuji
Sharon Taphorn
http://www. playingwiththeuniverse.com/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Anúncios

MENSAGEM DA LUA NOVA – 21/08/17

Deixe um comentário

LIBEREM O SEU CORAÇÃO

(Simon & Jennifer)

Nossas defesas estão arraigadas nas experiências reunidas em nossas mentes. Fomos feridos, por isso aprendemos a nos proteger. Perdemos, por isso aprendemos a nos aguentar. Fomos derrotados, por isso aprendemos a nos afastar. Essas defesas tornam-se crenças fundamentais que servem como uma camada de proteção em torno dos nossos corações. Ficamos enclausurados nessas crenças e então vivemos para vivenciá-las repetidamente por meio de nossa posição protegida, ainda que inacessível. Em essência, o abrigo que construímos para nos proteger da dor se torna aquilo que nos isola do amor e da vida.

É natural aprender com as nossas experiências e tentar abordar as situações de novas maneiras, mas os aspectos indesejáveis da vida não podem ser evitados sempre ou salvaguardados. A dor é inevitável, faz parte da experiência humana, mas o nível de sofrimento que enfrentamos em relação à nossa dor está profundamente ligado à atitude que escolhemos aplicar. É aí onde a nossa segurança interior é encontrada: ao buscar adotar uma atitude que libere os nossos corações das restrições que os enclausuraram, o que se consegue pela compreensão, aceitação, perdão e cura – por escolher a vida e destacando-se para vivenciar destemidamente esta jornada, com todos os seus desafios e limitações.

Todos nós compartilhamos as necessidades fundamentais de segurança, amor e conectividade. Essas necessidades são universais. Todos vimos para este mundo na expectativa de ter essas necessidades atendidas, e enfrentamos momentos em que a realidade externa não pôde satisfazer esses bens essenciais. Isso faz com que um instinto de sobrevivência se estabeleça em nossa abordagem em relação ao mundo, uma reação de luta/fuga que nos desconecta mais daquilo que buscamos. E assim, a espiral de isolamento continua…

Todavia, o coração não pode mais ser contido nesse isolamento. Está pulsando pela vida e querendo sentir-se vivo! Mas ao optar pela vida, estamos também optando por acolher nossa vulnerabilidade, acolher nossa dor, nosso medo e nossas feridas, nossa sensação de incerteza, e continuar a amar e a viver a partir do espaço do coração. Cada experiência nos abre para o que é ser humano e para enfrentar esta realidade na carne, o que, afinal de contas é o que vimos fazer aqui – nos conscientizar mais do amor eterno que está sempre presente em nosso íntimo e permitir que essa luz brilhe por nosso intermédio, em tudo o que tocamos, incorporando e irradiando nosso eu superior sem medo, a cada momento e a cada movimento.

Vocês escolhem a vida?

Com amor

Simon & Jennifer.

Tradução: Ivete Brito – adavai@me.comhttp://www.adavai.wordpress.com