“A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR” OU A ARTE DA TRAPAÇA – 27/11/16

2 Comentários

Há alguns dias, recebi um e-mail de um leitor me alertando sobre o fato que está ocorrendo com algumas canalizações/traduções, em que determinados blogs estão se utilizando de trabalhos realizados por canalizadores/tradutores, sem dar os devidos créditos a esses voluntários que se dedicam a pesquisar, traduzir, revisar, publicar, manter um blog etc.

Acredito que a finalidade de se criar um blog é que seja lido e que o seu conteúdo possa beneficiar àqueles que o seguem, portanto, quanto mais pessoas acessarem um blog, com a intenção de obter conhecimento, melhor.

No entanto, eu mesma já havia percebido que algumas pessoas criam blogs e simplesmente copiam e colam sem terem o cuidado de dar os créditos a quem de direito; outros citam o canalizador e não o tradutor, como se a mensagem tivesse surgido na língua portuguesa, por magia ou milagre, mesmo tendo sido transmitida originalmente em outra língua; ainda outros, omitem tanto o canalizador quanto o tradutor; há aqueles que além de não citar nem canalizador nem tradutor, colocam o nome do seu blog como o tradutor da mensagem; e ultimamente surgiu um estilo dos “mais evoluídos” que omitem o canalizador e o tradutor, dão um novo título à mensagem e publicam-na como sendo deles como se a tivessem canalizado/traduzido… ou dão o crédito para o blog do qual copiaram e colaram sem se preocupar com a autoria original.

Caros leitores, tais atitudes partem de pessoas que se dizem/acham “espiritualizadas” (afinal têm um blog de mensagens espirituais!), que querem promover o conhecimento espiritual, que acreditam que estão no processo de ascensão, que estão do lado luminoso da dualidade nesta existência, que esperam viver na Nova Terra de quinta dimensão, e que certamente abominam a corrupção, a roubalheira e os desmandos dos políticos. Será que eu estou enganada, ou é isso mesmo? Uma total falta de coerência, de decência… uma atitude de quem quer se dar bem à custa do próximo, que pouco se incomoda em divulgar como seu, algo alheio…

O leitor que citei anteriormente relatou que existem blogs que colocam no You Tube as mensagens dessa forma, sem qualquer menção aos autores/tradutores originais, como se deles fosse a autoria. Eu lamento o que está acontecendo, porque aqui na terceira dimensão isso é reconhecido como trapaça e eu não consigo vislumbrar uma Terra de quinta dimensão repleta de trapaceiros, que não conseguem dar crédito a quem de direito para uma simples canalização/tradução.

Por mais desagradável que seja a situação, sinto-me no direito de denunciá-la, até porque, embora eu já tivesse percebido o “processo” há muito tempo, agora as pessoas que seguem os bolgs de quem traduz, também já estão reparando essa forma de ação e solicitam providências. Neste momento, a maneira que encontrei foi esta, de denunciar aqueles que se apossam do fruto do trabalho alheio e que assinam embaixo como se deles fosse ou que simplesmente omitem qualquer informação.

Que tais pessoas ou grupos possam refletir acerca do seu comportamento e interromper tal procedimento, que até para uma Terra de 3D é incorreto, quanto mais para quem se diz candidato a viver na Terra de 5D. Sei que isso não ocorre apenas com as minhas traduções, porque já está se tornando uma hábito pernicioso, por isso faço aqui esta denúncia na expectativa de que os blogueiros possam ser mais éticos, continuem com os seus blogs, sim, porém creditando a autoria a quem de direito.

P.S. – Providências cabíveis serão tomadas, se persistir a conduta mencionada quanto aos Direitos Autorais.

Ivete Adavaí Brito.

27 de novembro de 2016.

 

Anúncios

2 comentários sobre ““A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR” OU A ARTE DA TRAPAÇA – 27/11/16

  1. É isso aí Ivete! Eu sempre tive essa consciência de colocar os créditos do autor, tradutor e origem da mensagem pois, bem sei, o trabalho que todos os envolvidos tem em canalizar, traduzir, formatar a mensagem, procurar imagens condizentes e postar. São muitas horas diárias de trabalho que sempre é feito com muito amor e com a intenção de compartilhar mensagens de amor, força e ensinamentos que estão ajudando a milhares de pessoas. Sejamos, pois, o exemplo, respeitando o trabalho de todos! Sempre digo que meu blog não é “meu”… ele é de todos os leitores, canalizadores, parceiros de outros blogs e tradutores! Gratidão Ivete, por seu incansável trabalho à Luz!
    Luz em seus dias, sempre!
    Stela

    • Você, Stela, é um grande exemplo de respeito e ética, não tenho dúvidas. Quem dera que todos seguissem o seu maravilhoso exemplo! Grata pelo apoio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s