MENSAGEM DE KARA SCHALLOCK – 17/04/16

Deixe um comentário

Escrevi este artigo há alguns anos e constato que ele é tão válido hoje…

À medida que despertamos e deixamos que nossas Almas indiquem o caminho, em vez de as regras restritivas do ego, somos livres.

Somos seres soberanos, espiritualmente falando, livres para escolher como viver nossas vidas. Isso quer dizer que, conforme despertamos, temos uma escolha de como criar e viver nossas vidas, com base no modo como queremos nos sentir. Na antiga vida, não éramos livres, visto que vivíamos escravizados a expectativas e apegados a antigas crenças e ilusões, e programas que foram colocados em nós na infância e em outras existências, por nossa cultura particular. Agora que largamos as algemas, podemos escolher como queremos viver, em vez de sermos mantidos cativos por antigas crenças e padrões destinados a controlar e a nos manter temerosos. Saímos de nossas zonas de conforto e acessamos um novo mundo, que pode ser um pouco desconcertante, porque vivemos durante muito tempo com os outros nos dizendo quem somos e o que devemos fazer.

Quando eu era jovem, disseram-me muitas coisas que se tornaram crenças. Eis algumas: Você vai à faculdade para encontrar um marido. Porque você é bonita, poderá ter qualquer coisa que quiser; sua aparência é mais importante do que o seu cérebro. Você é muito independente. Você nunca vai conseguir um homem, a menos que mantenha a casa limpa. Ninguém vai gostar de você, se disser a verdade. Você deve manter a boca fechada a fim de manter a paz. Por que você não pode ser igual a ela? Uma mentirinha nunca fez mal a ninguém. Não compartilhe o que acontece em sua família. Você pode se casar com   alguém rico tão facilmente quanto pode se casar com um pobre. Não podemos bancar isso. Esses são apenas alguns exemplos do que eu aceitei e que se transformou em crenças. Também produzimos crenças e padrões limitados em outras existências. Além disso, sabemos que, ao se rebelar contra qualquer coisa, vocês estão se vinculando à mesma energia, gerando, assim, uma crença.

A liberdade vem quando eu tomo cada uma das minhas crenças e as libero. Abro mão de quaisquer apegos que eu tinha de como a vida deveria ser. Deixo de assumir a responsabilidade pelos sentimentos alheios. Deixo de lado o meu papel familiar. Libero minha falta de consciência. E quando liberei as muitas camadas de crenças impostas, fiquei livre para criar a minha própria vida em meus próprios termos. Isto é Liberdade!

Há muitos anos, comecei a meditar. Um inteiro novo mundo se abriu para mim, e isso era apenas o começo do meu despertar. Deixei a Igreja Católica, à medida que eu observava o controle, o medo e as limitações forjados em muitos dos seus seguidores. Comecei a questionar tudo na vida e comecei a estabelecer as minhas respostas. Deixei de lado as suposições, obrigações, proibições e qualquer coisa que     me mantivesse em uma caixa de suposta segurança. Em vez disso, eu saí da caixa e escolhi viver minha vida; não a vida que a minha família, carma e cultura queriam que eu vivesse.

A única vez em que se é corajoso o bastante para crer em si mesmos como a autoridade definitiva, serão livres para voar para a sua Nova Vida, criada pela forma como se sentem. Portanto, perguntem-se: “Onde eu encontro alegria?” “O que me apaixona?” “O que me impede de ser um ser espiritual, livre e soberano de Luz?” Conforme vocês liberam todas as restrições que admitiram em sua vida, vocês, então, estão livres para criar e permitir que o seu Eu Verdadeiro surja. E então, a sua Alma fica mais forte, o ego passa a ser o porta-voz da sua Alma; sua Divindade; sua Verdade.

Site original: http://www.soulsticerising.com

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s