UM LUGAR DE SER INTEIRAMENTE NOVO – 13/10/15

Deixe um comentário

(Kara Schallock)

Certamente passamos por um período muito grande de transmissões de energia. Se vocês são como eu, vivenciaram isso de modos muito viscerais, desde as velhas crenças surgindo, inclusive insônia, dores no corpo e antigas ideias erradas de si mesmos que não são o Amor. Tudo foi por Amor. À medida que os corações se abriram mais, fica difícil estar perto de quem está ainda aprisionado em seus intelectos, como também daqueles de corações fechados. Vejam vocês, nós nos conectamos por meio de nossos corações, por meio do sentimento. Vocês podem se perguntar, de forma equivocada, o que está errado com vocês, quando simplesmente não conseguem conectar-se com essas pessoas. Ser do coração torna-os mais empáticos, conhecendo os outros de maneiras que eles simplesmente não podem. Poderia ser confuso, conforme muitas dessas pessoas falam da Nova Vida, e todavia se vocês olharem/sentirem mais de perto, vocês veem que elas não são quem fingem ser. Sigam os próprios sentimentos em vez de se permitir duvidar do próprio conhecimento que vem do coração. Honrem as suas percepções, e dessa forma, vocês ancoram as energias das elevadas dimensões que fluem para vocês. Com essa atualização do coração, vocês podem passar ainda por outra liberação dos outros.

Se não puderem encontrar uma conexão de coração com os demais, deixem ser o que é, e encontrem essa conexão de coração consigo mesmos. Se antigas gravações surgirem como você não serem bons o suficiente ou estarem errados, liberem-nas e saibam que vocês estão simplesmente sentindo o outro realmente. Deixem de lado quaisquer sentimentos de indignidade e de carência, conforme surjam, e se conectem com o lugar com que vocês ressoam de fato. Abram mão da dúvida de si mesmos também; essas coisas são os velhos programas que simplesmente não podem coexistir com a expansão do Amor que vocês são. Se vocês se sentirem rejeitados, isso é algo para ser liberado; baseia-se nas antigas crenças e programações de que vocês não são suficientes. Vocês não são rejeitados; vocês estão apenas vendo que não se sintonizam mais com determinadas pessoas. Honrem-se todas as vezes.

Continuamos a nos purificar, e fazemos isso, ao escolhermos o que nos permite ser mais Amor. Quando ficamos confusos devido às palavras ou ações de outras pessoas, é uma mensagem de que algo não ressoa, e então, temos a oportunidade de escolher um caminho: permanecer ou partir. Honramos a nós mesmos e deixamos que os outros sigam ou nos ajustamos para agradar, e assim os mantemos em nossas vidas? Sempre optem pelo amor, respeito e honra a si próprios. Quando alguém está realmente desperto, ele está cônscio não somente dele mesmo, mas do que se passa nos outros. Não há segredos. Não há como ocultar ou fingir ser alguma coisa que não se é. O amor é aberto, límpido e transparente. Se vocês se sentirem pressionados, tomem um momento e observem se isso é algo em seu interior ou se é uma projeção do outro. Não fiquem na defensiva, porque isso é projeção egoica de alguma coisa que quer ser liberada. Não precisamos buscar conexões do coração: nós as atraímos ao sermos autênticos. Isso nos alinha com o Amor e é essa vibração que atrai semelhantes. Prestem atenção a quando a sua energia se eleva e quando se esgota, porque isso vai dar-lhes uma pista acerca do lugar a que vocês pertencem ou não. Sempre assumam a responsabilidade se algo for seu, porque estamos saindo das antigas características de culpa, projeção, repressão e vitimização. De certa maneira isso é uma dádiva, porque nada pode se esconder de nós, principalmente se for algo que está em nosso interior. Apenas se lembrem de que se isso for dos outros, vocês não vão sentir a necessidade de reagir ou mesmo dizer algo em resposta. Não obstante, vocês podem optar por responder: como sempre, trata-se de uma escolha.

Saibam, além disso, que ao permitir que os demais lhes digam quem vocês são ou o que fazer, não é amor a si mesmo. Consequentemente, é amor próprio ter limites quando sentir que é necessário e não aceitar cegamente os julgamentos ou crenças dos outros acerca de vocês. Se vocês sempre estiveram dispostos a ouvir e aceitar opinião alheia sobre vocês, haverá uma mudança para não aceitar as palavras dos outros apenas porque eles dizem isso (isso é ceder o seu poder), mas um respeito de quem vocês são e em quem estão se transformando. O amor não significa que vocês precisam aceitar como verdade o que o outro projeta em vocês. O amor é honrar-se e ao próprio conhecimento. Não precisam convencer ninguém de quem vocês são, porque a sua vibração fará todo o trabalho. Pode haver alguns que simplesmente se afastem sem que vocês tenham que fazer nada. Estejam na permissão do que é. Deixem estar, porque à medida que vocês se mantêm na própria verdade, aqueles que não se sintonizarem, sairão. Tudo isso é para que vocês sejam vocês mesmos sem a necessidade de corrigir ou mudar nada. Apenas sejam vocês e tudo está organizado pela Ordem Divina. Respeitem, de toda maneira, o que sentirem em todo e qualquer momento.

À medida que se tornarem cada vez mais multidimensionais, tudo fica fluido. Não existem regras, obrigações ou expectativas: tudo está no fluxo. Conforme permanecem no momento, vocês sentirão o que ressoa e o que não ressoa. Estamos liberando muita densidade; não apenas em nossas crenças (mental), nossas emoções, mas também em nossa fisicalidade. Isso resulta em grandes quantidades de alterações em nossos corpos. Quando uma densidade parte, pode produzir algum sofrimento e podemos experimentar dores: sejam físicas ou emocionais. Com o tempo, a harmonia e o equilíbrio voltam, à medida que nos ajustamos às mudanças. O que é muito importante é permanecer presente em vez de apegar-se ou julgar algo como “errado”. Sejam observadores, porque certamente as coisas vão mudar.

Conforme recebemos essa energia de elevada potência, saibam que vocês podem utilizá-la para mudar qualquer coisa em sua vida, ou criar um novo projeto, ou criar um novo vocês. Sejam pacientes, porque é preciso estar no momento e dar um passo de cada vez. Ainda vivemos na realidade da terceira dimensão, embora cada um de nós esteja vibrando nas dimensões mais elevadas. Quando honramos a nós mesmos, trazemos as nossas energias das dimensões elevadas para a Terra, de modo que Ela, por sua vez, se transforme em dimensão superior. Quando isso acontece, vocês percebem que as coisas se manifestam um tanto rapidamente. Obviamente isso já está ocorrendo para muitos. Vejam vocês, nada está talhado em pedra, ou é tudo de um jeito ou de outro, nem algo acontece em um calendário específico. Não estejam julgando-se acerca disso, porque cada um de nós está exatamente onde   era para estar, para o nosso aprendizado mais elevado e evolução. Ser multidimensionais significa que experimentamos mais do que uma coisa simultaneamente.

Estejam presentes com tudo o que é para vocês. Intencionem a mais elevada evolução para si mesmos. A energia que estamos recebendo é muito transformadora e repleta dos códigos das elevadas dimensões, da Fonte, de modo que possamos viver em um nível superior de Amor. Conforme estão presentes com “o que é”, vocês fluem com as energias, em vez de fluírem contra elas. Rendam-se ao lugar para onde o Fluxo os levar, em vez de reivindicar a vontade egoica sobre a direção que vocês acham que querem. Dessa forma, vocês honram a Sabedoria de sua Alma e não retrocedem para o medo de avançar.

Enquanto continuamos a receber a Luz e os novos códigos das dimensões elevadas, também prosseguimos liberando tudo o que não seja Amor. Permaneçam concentrados em quem vocês estão se transformando, mesmo que isso possa parecer que está demorando muito. Confiem que tudo o que está acontecendo é para a sua evolução, para serem nada senão o Amor. Qualquer coisa menos do que isso é pura ilusão baseada nas crenças antigas. Estamos em um ciclo de crescimento inteiramente novo e no começo da Nova Terra. Não se enganem por aquilo que a vida exterior lhes diz, mas se concentrem na Verdade. Estamos nos fins e em novos começos. As conclusões dizem respeito a liberar a dualidade e as velhas crenças e concepções equivocadas da antiga vida. Há um encerramento da antiga vida com o fim de relacionamentos que não se encaixam mais em quem vocês são, e o começo de novos, baseados no amor e na confiança. Os antigos relacionamentos baseados na falta de confiança foram feitos de expectativas. Qualquer relacionamento que começou com antigas ideias preconcebidas, simplesmente não podem perdurar. Isso é verdade para qualquer tipo de relacionamento: seja de amizade, romântico, familiar ou qualquer espécie de ligação. Se o seu coração não ressoar plenamente, o relacionamento não pode se sustentar sem que haja a redução da sua vibração, a fim de “fazer funcionar”. Simplesmente não podemos fazer com que caibamos em uma caixa, porque qualquer caixa é velha e não pode conter a grandeza de quem nós somos agora.

Continuamos a nos recalibrar e a nos ajustar à Nova Vida. Mantenham o seu foco naquilo que vocês querem criar, sem as distrações de um mundo em plena transformação. À medida que fizerem isso, vocês serão orientados pela Alma, portanto, rendam-se ao lugar para onde estão sendo conduzidos, com coragem e confiança. Lentamente, estamos construindo nossas Novas Vidas e a Nova Terra. Percebam que vocês são novos em folha: um bebê pronto para explorar esta nova vida sem restrições, com pleno apoio, orientado pelo Amor.

Direitos Autorais:

Kara Schallock

Site original: http://www.soulsticerising.com

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com – www.adavai.wordpress.com

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s