DO DIVINO – 06/10/15

Deixe um comentário

(Lou Martin)

A ferida mais difícil de curar na vida é o reconhecimento de que vocês são amados. Vocês lutam consigo mesmos acerca do seu valor e temem não ser amados, atraentes e não se reconhecerem como o amor.

Esse pesar, tão difícil como é, está convidando-os para se voltarem para si mesmos e não os deixará sozinhos até que vocês permitam que ele trabalhe sua magia em vocês. O único modo de fazerem isso é amando-se diante da sua perda.

E por que não dizemos: “Eu sou mais do que esta perda, eu sou mais do que esta ferida, eu sou mais do que esta dor”?

Não é coisa de um só dia: irá e virá; depende do seu amor por si mesmos, de sua autoestima e de como vocês se sentem tranquilos e calmos ou preocupados e confusos.

Mas não existe maior pesar em seu coração do que o seu anseio de conhecer o que vocês chamam de Deus e se sentir amados por essa energia, e lhes garantimos que essa porta nunca se fecha.

Portanto, todos vocês estão aprendendo a não se precipitar e voltar-se para Deus, que é uma coisa impressionante. E, no final das contas, esse é o pesar que vocês vieram curar. Trata-se da própria confiança e verdade interna.

Direitos Autorais:

Leituras canalizadas de Lou Martin

http://universalcorewellness.com/loumartin

Tradução de Ivete Adavaí Brito – adavai@me.comwww.adavai.wordpress.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s