SIGA O SEU CORAÇÃO-04/05/15

1 Comentário

(SABEDORIA DOS ANJOS, por  Sharon Taphorn)

Siga a orientação do seu coração. Seu coração é o centro do seu ser e quando você opta por se interiorizar conscientemente, está se ligando a uma fonte de sabedoria, que é inatamente sua. Permita que todos os pensamentos, sentimentos e crenças indesejáveis sejam liberados, pois eles não lhe servem. Permita que o seu coração e mente estejam abertos a maiores possibilidades. Confie que você receberá o que precisa e que a sua sabedoria interior virá até você quando dela precisar.

Visualize os verdadeiros desejos do seu coração. Veja para onde você está se dirigindo neste momento, em seu caminho atual – será que você está perto de alcançar o seu objetivo? Será que o caminho à frente está pavimentado com ouro, ou com a incerteza, ou, talvez, até com pavor? Pergunte qual é o caminho que o aproxima da criação da realidade que deseja, ou qual é o caminho que o afasta? Qual é o próximo e melhor passo? Você está disposto a dar estes passos, e se assim for, verifique com os seus anjos a cada dia, para ver o seu progresso, observe e evolua a partir de nossa perspectiva. Seja corajoso, confie em si mesmo e não desista.

Afirmação: “Sou orientado claramente sobre qual é o melhor caminho para mim. Quando olho em meu coração, sei o que fazer.”

E assim é.

Você é ternamente amado e apoiado, sempre

Os Anjos e Guias

Thank you, Mahalo, Merci, Gracias, Vielen Dank, Grazie,Спасибо,Obrigado,谢谢, Dank, 謝謝,Chokran,Děkuji,Kiitos

 

Direitos Autorais Universais©2014 por Sharon Taphorn

Todos os direitos reservados.

Por favor, compartilhe os artigos, contanto que o autor e as informações de contato sejam sempre incluídos, a mensagem esteja completa e os créditos dados a autora.

http://www. playingwiththeuniverse.com/

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.b

SOBRE A LUA CHEIA DESTA MADRUGADA-05.05.15

Deixe um comentário

SARAH VARCAS SOBRE A LUA CHEIA DESTA MADRUGADA:

“… Ela nos lembra que aquilo que nos recusamos a reconhecer em nós mesmos não desaparece, mas se escoa aqui e ali. A psique humana pode ser adepta da fuga quando necessário, mas não é possível erradicarmos alguma coisa do nosso campo energético simplesmente desejando que ela vá embora. Só conseguimos mudar quando olhamos de frente para quem e o que somos. Não podemos completar um quebra-cabeça sem olhar para ele, nem podemos recriar a nós mesmos sem conhecer a matéria-prima disponível para esta tarefa.

Esta Lua irradia sua luz nos locais mais escuros do nosso interior, lembrando-nos que aquilo que encontramos nas sombras merece nosso amor e atenção tanto quanto qualquer coisa que trazemos voluntariamente à luz.

Revelações percebidas em torno do horário dessa Lua [00h43min do dia 4 de maio] instruirão o resto do mês, pois o que veremos agora é a verdade. Poderá não ser agradável, mas devemos reconhecê-la assim mesmo, recusando-nos a lhe dar as costas. Nela estão revelados os componentes da próxima fase da nossa jornada. Não as partes brilhantes e recém-polidas da nossa personalidade que exibimos com alegria, mas as peças embaçadas, manchadas, enegrecidas que preferimos não ver ou, no mínimo, deixar para outro dia.

Esse outro dia é agora. Nossa criatividade futura depende da nossa disposição de libertar a sombra e permitir sua expressão na luz da consciência. É assim que cada um de nós chegará verdadeiramente a se conhecer como um todo…”

(trecho do “Relatório de Energia Astrológica de Maio de 2015” de Sarah Varcas, http://astro-

awakenings.co.uk/may-2015-astro-energy-report)

Vera Corrêa – veracorrea46@ig.com.br