CUIDADO PARA NÃO TOMAR… 05/12/13

3 Comentários

(Artigo de Ivete Adavaí)

CUIDADO PARA NÃO TOMAR UMA PARTE PELO TODO

Desde que caiu no domínio público o fato de que as doenças são  uma linguagem do corpo, procurando equilibrar-se, e que não basta remover os sintomas porque eles se apresentarão em outra parte e até pior, as pessoas de modo geral começaram a repetir o suposto significado dos sintomas para todo mundo, como se todos os sintomas tivessem o mesmo significado para as mais variadas pessoas, independentemente do seu jeito de ser.

Daí que todo mundo que tem amigdalite está com a criatividade sufocada; quem tem problemas nos joelhos é teimoso, orgulhoso, inflexível; cistite é problema com o parceiro, e segue por aí. Assim, algo que começou como uma boa base para solução de problemas, reconhecendo que a maior parte das doenças possui origem psicossomática, e até mesmo extrapolando, questões energéticas/espirituais de outras existências, passou a ter uma conotação simplista, como se o Ser Humano pudesse ser decifrado à semelhança de palavras em um dicionário: isto significa isso.

Voltando a citar os problemas nos joelhos, certa vez li um autor que sugeria um aspecto interessante. Citava o outro lado da questão, a pessoa tanto poderia ser orgulhosa quanto humilde demais. Ou seja, seu sintoma poderia estar denunciando não a sua altivez em relação às situações, mas o excesso de concessão ao outro. Achei excelente esse ponto de vista, muito claro de ser compreendido porque, na dualidade, o pêndulo tanto pode ir para um lado quanto para o outro, e assim o velho mote poderia ser modificado, em vez de se estigmatizar alguém logo de saída, poder-se-ia conceder-lhe o benefício da dúvida. (Vide alguns florais que tanto servem para uma situação quanto para o seu oposto).

No entanto, as minhas pesquisas foram mais adiante e descobri mais um detalhe, que me encheu de esperanças quanto a não me dar por vencida e acreditar logo na primeira sugestão de um sintoma seja ele qual for. Ao ler “Awakening the Heart”, de Kate Ann Spreckley, aprendi que um dos cinco chacras, além dos sete principais, é o do joelho (os outros são: estrela da alma, coração sagrado, pés e estrela da terra) e que ele é um portal para a ancoragem da Alma na forma. O chacra do joelho se relaciona com a utilização do nosso poder pessoal e as lições e experiências do ciclo de vida entre os 7 e 14 anos. Sendo assim, as pessoas com problemas nessa região terão dificuldades em acessar e comunicar o poder do propósito de sua Alma nesta realidade física.

A mesma autora explica que esse período dos 7 aos 14 anos (que abrange a chamada puberdade) é quando a criança, independentemente do sexo, dá início ao despertar da energia do Feminino Divino. Ela começa a acessar e a empregar a energia do corpo físico, que está ligada intimamente à energia feminina, passando de uma percepção inconsciente  do seu ambiente para uma percepção consciente dos seus aspectos físicos e do seu mundo. É o período em que a criança desenvolve um senso maior de sua individualidade singular. Se não for bem conduzida por pais, professores e cuidadores pode parecer à criança que as suas emoções, pensamentos e sentimentos não são reconhecidos ou apreciados, o que poderá ocasionar sentimentos de isolamento e perda.

Se mais tarde, na idade adulta, essa criança desenvolver problemas nos joelhos, não seria correto dizer que ela é altiva, que não sabe se curvar ante as circunstâncias da vida, etc. Mais útil será fazer uma avaliação cabal e apropriada ao seu caso e então partir para uma sugestão diagnóstica, em que a causa real do problema seja detectado por meios adequados e não pela mera repetição de algo que já virou slogan, como se o Ser Humano pudesse ser reduzido a algo simplista e corriqueiro, sem levar em conta toda a complexidade envolvida em um sintoma.

Espero que esses pensamentos aqui relatados possam ser úteis a quem estiver em busca de uma maior compreensão de si mesmo ou de outras pessoas, no tocante à interpretação de sintomas. Não é algo banal, que se possa tratar levianamente, como se já se conhecesse todas as implicações de um Ser Humano, desconsiderando sua verdadeira natureza, características, motivações, momento de vida, seu passado, etc. A riqueza de um Ser que escolheu fazer parte da humanidade não pode ser traduzida precipitadamente.

Ivete Adavaí – 05/02/2013.

 

AS ENERGIAS DE FEVEREIRO

1 Comentário

(Mensagem de Jamye Price)

Revisão de Janeiro

Janeiro não foi um mês fácil para muitos. Em geral, os Trabalhadores da Luz estiveram em uma montanha russa de emoções e situações. Era como se houvesse uma subcorrente com uma boa base crescendo em meio a um mundo de caos, assim como um terremoto pode trazer à tona alguns minerais mais profundos que alimentarão o crescimento das plantas, mas que o terremoto absorve. Percebi que iria ser um mês de foco interno. Isto aponta para a exasperação emocional, quando muitos perceberam que eles estavam sendo forçados a lidar com questões remanescentes. Se isto ressoa com vocês, pois nem todos experienciam a mesma coisa neste mundo de diversidade benevolente, então vocês podem não estar ainda sentindo a total resolução. Estamos em uma nova energia de criação que irá se construir ao longo do tempo, quando a predominância da esperança para as massas começar a ser viável. Trabalhadores da Luz são os portadores da esperança. Estamos buscando uma nova maneira de ser que não separe, suprima ou denigra a Vida.

Velhos sistemas devem cair e novos devem se desenvolver. Vocês não conseguem ver o que está semeado abaixo da superfície, e esta tempestade na superfície está estimulando um novo crescimento. Portador da Esperança, foque a sua Luz nesta tempestade. Seja o porto seguro para o Ser e aqueles próximos a você durante um mês como Janeiro que teve algumas tempestades internas. Seja a Luz da Esperança que mantém aqueles remando para a segurança de uma nova terra. Janeiro lhes ofereceu a oportunidade de se expressarem, desbloqueando a energia do seu chacra laríngeo. Embora isto continue, vocês estão semeando a nova manifestação de sua vida.

ENERGIAS DE FEVEREIRO

Fevereiro se trata da soberania de cada Ser honrado. Cada Ser deve fazer basicamente isto. Podemos apaziguar outros, ou podemos capacitar outros. A diferença é mínima e baseada em um momento. O que capacita um, permite outro, o que pode parecer incapacitar em um momento poderia ser um catalisador necessário para o crescimento, e isto não precisa doer. Cada Ser, inclusive vocês, deve discernir e ativar a sua própria capacitação. Para cada coração focado, cada experiência na vida é um potencial para a capacitação. Mais do que precisar já estar lá, o coração focado aprecia a jornada, pois toda experiência refina a escolha e toda escolha refina a experiência. Como um mestre pintor apreciaria o processo de pintar um quadro – sem medo de dar cada pincelada, sem se preocupar com o que os outros digam, apenas apreciando o momento criativo. Isto requer a associação da alegria infantil e a tranqüilidade madura de Saber que Tudo está Bem. Um ser soberano vive a partir de uma mente e um coração capacitado. O coração capacitado é a alegria infantil de experienciar a vida sem expectativas do resultado. A mente capacitada é a tranqüilidade de Saber que Tudo está Bem, não importa o resultado. O coração tranqüilo e a mente alegre servem à capacitação. Vêem o ciclo da Vida? É mutuamente benéfico e nutre o crescimento. Vocês são Vida.

Fevereiro irá focar a energia do chacra do poder, a vontade, enquanto ela flui com o coração. A ciência já provou que o coração é o órgão e o campo eletromagnético mais forte em nosso corpo físico. Quando o Amor do coração se associa à vontade soberana, tornamo-nos campos de interação do Amor capacitado. Já estiveram em uma sala com alguns daqueles campos de energia? Eles são palpáveis. Sem agendas ocultas. Sem necessidade de controle. Sem necessidade de forçar o outro. É atrativo. É atrativo por causa do sinal que o seu campo sutil, a sua natureza mental, emocional e espiritual interpretam. É puro amor. Esta essência familiar que vocês conhecem inerentemente é a sua origem. Vocês são este Amor.

A ASTROLOGIA

Nossas interações energéticas com o impulso/atração dos planetas, podem nos mostrar o que observar em nossa própria atração/impulso interno. Estamos na integração da polaridade para entrarmos na experiência da 5ª dimensão. Quando vocês integram a polaridade, não são mais impulsionados ou atraídos por crenças dogmáticas: vocês estão tranquilos no caminho do meio que se expandiu para incluir Tudo. Crenças dogmáticas podem incluir a religião, a espiritualidade, a dieta, a sexualidade, as leis que regem e muito mais. Após a integração desta experiência linear da polaridade, vocês encontrarão uma trialidade, um recipiente com uma terceira energia, o nascimento da profundidade do Amor na forma/experiência – a pirâmide. Como qualquer período de testes, isto não dura muito. O movimento é construído na vida através da graça do tempo. Esta quarta dimensão se torna o espaço/tempo, manifestados na profundidade do Amor. Uma forte base para que a mudança e o crescimento continuem.

Estamos agora em um momento de profunda renovação. Escorpião é um imenso jogador em nossas atuais energias com o nodo norte (nosso potencial de crescimento) e Saturno (o mestre benevolente), ambos em Escorpião, com Saturno em movimento retrógrado de 18/2 a 8/7. Temos também dois eclipses lunares em Escorpião e um eclipse solar em Escorpião neste ano. Escorpião atinge profundamente o oculto e o misterioso. Aqui vocês percebem que os seus maiores desafios se tornam os seus maiores mestres. A dificuldade é quando vocês resistem, em vez de permitirem que a compressão do nascimento e da mudança flua em sua vida. Como Trabalhadores da Luz, estamos focados na mudança continuamente; resplandecendo nela uma luz, observando-a, chamando-a à nova terra. Com a influência de Escorpião destes tempos, esta Luz resplandece profundamente no Ser, extirpando a vergonha, a dor, a decepção. Escorpião tem uma força que permite que da dor do parto nasça a Vida renovada, embora isto requeira uma liberação do comportamento controlador ou destruidor. O aguilhão famoso cria uma ferida que afeta todas as partes que interagem, não importa quão justificado se possa sentir em relação ao que o outro merece. Como sempre, isto aponta para uma Soberania Capacitada, consciente e emanando o sinal puro que nutre a Vida – a sua vida e a vida do mundo em que vivem. Sua vontade focada da melhoria interior se torna o farol para a nova terra. A era do Ouro que se manifesta com vocês.

RESUMO

Fevereiro terá uma energia semelhante à Janeiro em que o foco é internalizado e operando para capacitá-los. Embora continuemos a “desbloquear o chacra laríngeo” desde Janeiro, acrescentamos a isto a vontade capacitada. Isto significa expressar o Ser com Amor que serve no momento. Algumas vezes pode parecer bom, outras vezes pode ser um desafio, enquanto fortalecem a sua saída do casulo. Estamos ainda com a tarefa de construirmos a Idade do Ouro, o que pode ser um processo divertido quando vocês acompanham o Fluxo da mudança, Sabendo que Tudo está Bem. Se assistirem as notícias, vocês verão o caos e a destruição. Se vocês se interiorizarem, verão um novo alicerce construído em meio à mudança. Foquem esta mudança em direção a sua capacitação e observem o seu mundo responder. Há um universo de Amor fluindo através de vocês que está animado com o seu potencial. Em Fevereiro, levantem-se e sejam ouvidos!

Tenham um ótimo Fevereiro!

(Tradutor desconhecido)

MENSAGEM ARCANJO MIGUEL (RHead)-03/02/13

Deixe um comentário

(Mensagem canalizada por Ron Head)

OS ANJOS SÃO CHAMADOS DE MENSAGEIROS, MAS DE QUEM E PARA QUEM?

Nós falamos repetidamente sobre os seus corações.

Comecemos a mensagem de hoje com isso e vejamos um pouco por que ele é tão importante.

Foi lhes dito, desde quando vocês podem se lembrar, que vocês pensam com o cérebro.

Realmente vocês não pensam com ele.

Seu cérebro é um instrumento maravilhoso, mas ele é somente um instrumento.

Vocês, mais do que provavelmente, já que leem estas mensagens, estão para entender que vocês não são um pacote de carne e ossos com uma vida, uma mente e uma alma, mas são uma vida, uma mente e uma alma que vivem num pacote de carne e ossos.

Vocês habitam temporariamente seu corpo, e pelo tempo em que o habitam, ele realmente está dentro de vocês, apesar de que ele sente como se vocês estivessem dentro dele.

O elo de conexão entre vocês, como uma vida, e seu lar temporário, é um dos seus outros corpos que contém centros de energia que desempenham certas funções para vocês.

Desses centros, seus ensinamentos dão maior importância a sete.

E desses sete, um acontece de estar localizado nos arredores do órgão que bomba o sangue pelos seus sistemas.

É a este centro que nos referimos quando dizemos seu coração.

Como se aplica à sua vida, ele é o centro que está associado com o sentimento do amor, compaixão e aqueles sentimentos superiores de que falamos tão frequentemente.

Outros centros importantes são dedicados a outras coisas.

Por exemplo, os sentimentos que lidam com a sobrevivência estão centrados na parte mais baixa do sistema.

E os sentimentos que nós chamamos de superior, o amor, compaixão, empatia e assim por diante, são sentidos mais fortemente através deste centro do coração.

Agora, não há nenhuma parte de vocês que não é importante, então superior, como acabamos de usar a palavra, não significa que outros sentimentos não são necessários ou importantes.

A necessidade de correr quando assustado dificilmente é menos importante, entendem?

Mas a capacidade de se identificar com o sofrimento do outro, amar toda a vida e desejar de todo coração alcançar metas espirituais é bem sublime, não é?

O que vocês frequentemente não entendem é que essas coisas não somente não são possíveis, mas não desejáveis quando a vida está por um fio.

Então a palavra superior precisa ser entendida de um modo um pouco diferente.

Mas visto que vocês têm uma conexão via computador e provavelmente estejam lendo ou ouvindo isto após ter sido traduzido e gravado, assumiremos que este não é o caso para vocês.

Portanto, vocês têm o luxo do tempo e os recursos para despender tempo considerando esses sentimentos superiores.

Só o que podemos dizer sobre isso é: “Bom! Vocês não estão desperdiçando a oportunidade”.

Isto traz uma questão: sempre foi entendido que vocês não se dedicariam a nada mais assim que se encontrassem onde vocês estão…

Agora… seu coração.

É nesse espaço que habita esse você com quem nos comunicamos.

Quando seu coração está aberto para o assunto, vocês estão bem neste caminho proverbial de que vocês amam demais para falar.

E os sentimentos que começam ser sentidos muito intensamente por vocês quando sua atenção está nesse espaço, nesse coração, são as mensagens que vêm diretamente do seu Criador, de nós, de seu eu superior, seus guias e outros que os amam mais do que vocês ainda podem entender.

Nós que falamos com vocês aqui, neste que vocês chamam de seu templo interior, não temos outro propósito além de elevá-los para o melhor e mais alto que vocês possam ser.

É por isso que, queridos, falamos incessantemente de seus corações.

Se tudo isso lhes dá um pouco de entendimento de por que desejamos que vocês passem um tempo todo dia no silêncio, dentro do seu espaço do coração, então esta foi uma discussão válida.

A comunicação com vocês, vejam só, é do que nós tratamos.

Os anjos são chamados de mensageiros, mas mensageiros de quem e para quem?

Amados, são vocês a razão por estarmos aqui.

Nós amamos vocês.

Tenham um dia feliz e conversaremos novamente em breve.

 

Copyright © Ronald Head. Todos os direitos reservados.

Você pode copiar e redistribuir este material contanto que não o altere de nenhuma forma, que o conteúdo permaneça completo e inclua esta nota de direito e o link:

http://oraclesandhealers.wordpress.com/

Tradução: Blog SINTESE http://blogsintese.blogspot.com/