MSG – AAMIGUEL/SETEMBRO – CELIA FENN

Deixe um comentário

PREFERIR A SIMPLICIDADE E A COMPAIXÃO CRIATIVA…
E LIBERAR OS “VÍCIOS” DO SOFRIMENTO – SETEMBRO DE 2007

(Um artigo e uma canalização do Arcanjo Miguel através de Celia Fenn)

Nestes tempos de mudanças intensas, muitas pessoas ainda estão se esforçando para fazer a transformação da consciência de uma realidade da Terceira Dimensão para uma realidade Mutidimensional. Alguns pensam que estão sós em seus esforços, e que estão sendo passados por alto quanto à Alegria e Paz prometidas, porque não sentem isso.

Esta canalização dada abaixo foi feita para um cliente particular e é reproduzida aqui com sua permissão. O cliente sentia angústia e dor intensas acerca da sua vida e tinha muitas perguntas sobre por que ele não podia receber a graça que era oferecida e por que estava preso na baixa auto-estima e nos sentimentos de negatividade e medo.

A resposta que veio do Arcanjo Miguel parece ter satisfeito sua questão, mas também lançou luz sobre porque algumas pessoas parecem incapazes, até agora, de ultrapassar os níveis de sofrimento, dor e carência em suas vidas.

Quando eu estava no Congresso Mundial da Iluminação, falamos muito sobre o fim do sofrimento e da dor, e da vinda da idade de ouro da saúde vibrante e do bem-estar. Mas, isto pode apenas ser estabelecido após a mudança, e a mudança é esta transformação da consciência, em que compreendemos que nós, como uma Coletividade e como Indivíduos, somos Criadores de nossa própria Realidade, e que podemos preferir criar o sofrimento ou não.

Agora, isto não é para “culpar” facilmente aqueles que sofrem e dizer: “isto é defeito seu”. Isto não seria compassivo ou amoroso, nem de ajuda de qualquer forma. Todavia, o que é sugerido é que como uma Coletividade, a Humanidade preferiu criar dor e sofrimento que nunca fizeram parte do plano original. Essas escolhas foram codificadas em nossa cultura através da religião. E persistem em um nível subconsciente profundo, até que possamos mudar nossa consciência e recodificá-la em nível celular. Isto ativará o “projeto” para a saúde perfeita em cada célula e no interior do nosso ser.

Considerem que o Cristianismo ensina que morremos porque somos pecadores. Isto certamente inculca uma profunda sensação de baixa auto-estima e de impotência em lidar com a vida e a morte. As religiões Orientais ensinam o “carma”, em que o indivíduo é capturado em uma rede interminável de castigo e recompensa, que é o argumento para o sofrimento. Os Budistas ensinam que o sofrimento é normal e que deve ser aceito. Cada um desses caminhos espirituais inclui como princípio essencial uma profunda crença na indignidade e no sofrimento que é passado de geração em geração, ao codificar essas crenças dentro do DNA de gerações de pessoas. Então, os novos indivíduos nascem com essas crenças já codificadas em suas células. Apenas as Novas Crianças, os Índigos e Cristais estão nascendo com uma percepção de não precisar dessa indignidade, e assumindo o seu poder para criar algo novo. Sua nova energia capacita muitos daqueles que nasceram com as antigas “codificações” a transformarem sua consciência e começarem a mudar o seu próprio poder pessoal como co-criadores com o Espírito.

Se pudermos aceitar que agora podemos liberar a mente criadora de ilusões que limitam nossas criações, podemos mudar para aquele lugar onde podemos aceitar que somos os canais para a Essência Criativa Divina na Terra, e que a vida foi destinada para ser vivida em Harmonia com a Luz Divina e Amor, em Paz, Harmonia e Amor, que a abundância e a boa saúde são direitos de toda pessoa que escolhe encarnar nesta Terra. Sim, realmente, uma “transformação” da consciência para todos nós!

Esta canalização começa com o Arcanjo Miguel dando dois princípios que podem ser aplicados ao se fazer esta transformação e deixar ir o que ele chamou de padrões de pensamento e de comportamento auto-destrutivo “habituais” ou “viciados”. Pois, a humanidade tornou-se viciada em sofrimento e em drama, e está precisando experienciar como deixar ir e mudar para um modo de vida mais simples, pacífico e alegre.

A canalização

Em primeiro lugar diremos: “Deixem ir”… e em seguida diremos: “Simplifiquem” Estes dois passos, quando aplicados em sua vida e em toda situação ajudá-los-á a mover-se para além da confusão da mente que os captura toda vez.

Portanto, deixem-nos explicar. Primeiro, dissemos que vocês precisam “Deixar ir”. Observamos que sempre que estão em uma situação de grande estresse, seu mecanismo de sobrevivência é voltar-se para a mente. Em um nível profundo, vocês dão permissão a sua mente para assumir e conduzir sua vida. Agora, a mente egóica de modo algum está equipada para este papel. Sua função é lidar com a Terceira Dimensão. Avalia e quantifica de acordo com o que ela sabe. E, geralmente, acha que não sabe o suficiente para enfrentar as maiores questões da vida e então entra em pânico. No seu caso, o pânico se manifesta como um fluxo interminável de perguntas para as quais vocês não podem aparentemente achar resposta.

Assim, deixem-nos dizer que esta resposta é apenas um espelho para o processo que continua em seu interior.

Então, diríamos – deixem ir. Quando sua mente se liga nesses longos diálogos filosóficos vocês têm duas escolhas. A primeira é reconhecer que isto é o que sua mente está fazendo, e que vocês podem “aproveitar” essas folias pelo parque com a sua mente, mas que elas realmente não resolverão nada para vocês, exceto levá-los a andar em círculo, pois esta é a natureza da mente. Estou certo de que vocês estão familiarizados com o método Socrático, e a compreensão de que qualquer coisa pode ser comprovada ou refutada se vocês souberem como raciocinar e argumentar para um bom resultado. Assim, as atividades da mente são projetadas para fazer apenas isto, raciocinar o que aparece no mundo exterior de modo que possa ser assimilado.

Todavia, neste momento, a vida não está mais na Terceira Dimensão, está na Multidimensão e a mente não é mais capaz de explicar e de assimilar. Entra em pânico, vagueia e argumenta, mas não pode assimilar.

Agora, neste momento, é melhor deixar ir. Desliguem-se da mente, pois ela não resolverá seus problemas nem encontrará as soluções. Apenas a consciência fará isto. Seu grande cientista e filósofo, Albert Einstein, disse que um problema não pode ser solucionado no mesmo nível de consciência em que foi criado. Então, obviamente, o que é necessário é uma transformação da consciência de modo que os problemas possam ser resolvidos ou postos em uma perspectiva verdadeira.

Ora, a grande transformação que está acontecendo agora não é nada diferente de uma transformação para um novo nível de consciência onde o que parece como “problemas”, com o tempo e o espaço deveria ser resolvido com as melhores habilidades. E, diremos que vocês começarão a perceber que a mente nunca lhes dá as respostas.

Quando mudar da mente e do pensamento para a consciência e para o sentimento, vocês experienciarão uma perspectiva muito diferente em sua vida. Pois, a mente entra em pânico e se desespera, e encaminha-se para o medo. A partir de uma base de medo, vocês não podem resolver nada, pois o medo limita a manifestação e os milagres. Assim, aqueles que estão presos na armadilha da mente e do medo inclinam-se a se tornarem incapazes de liberarem-se das redes dos seus medos e ansiedade.

Agora, quando vocês entram na consciência e no Coração, vocês sabem que tudo está na Ordem Divina e que Tudo está Bem. Isto produz uma grande sensação de Paz, bem como de Gratidão e Amor, a partir desta base vocês podem começar a criar e a fazer mudanças. Já que o Universo ama a alegria e a gratidão, e isto atrai o fluxo de abundância e de amor. E este fluxo cria os milagres que vocês precisam e desejam para realizar as mudanças em sua vida.

Então, quando vocês “deixam ir”, liberam o que os retêm e iluminam o caminho para criar algo novo.

Agora, quando dizemos “simplifiquem”, estamos levando-os ao próximo passo. Em sua vida moderna há tantas “coisas” que vocês acham que precisam para serem felizes. Quando entrarem no espaço do seu Coração, descobrirão que o que precisam é realmente muito simples e que pode ser simplificado com muita facilidade. Dizemos, concentrem-se nas necessidades simples da sua vida e tudo lhes será dado. Com isto, queremos dizer as necessidades básicas de abrigo, alimentação, roupa e amor. Bem, se vocês têm todas essas necessidades satisfeitas, então, vocês têm espaço para a gratidão, e deveriam expressá-la todo dia. Deveriam viver a gratidão que a Terra lhes concede e àqueles que vocês amam.

Agora, ao haver satisfeito as necessidades básicas, com gratidão, perguntem a si mesmos o que poderiam precisar para criar uma gratidão e um apreço ainda maiores do que vocês já possuem. Que coisas simples vocês poderiam pedir para que aumentassem seu apreço pela abundância e amor que vocês JÁ TÊM em sua vida.

Observem, caríssimas almas, estamos nos concentrando aqui não naquilo que falta, mas naquilo que vocês têm. E isto é uma mudança total de perspectiva. Realmente, esta é a sua própria “transformação” pessoal do sofrimento para a paz. Pois o seu contrato com a Terra é para serem supridos enquanto experienciam a vida. Claro, no mundo moderno, todos se sentem no direito de experienciar isto no mais elevado nível de conforto material e se sentem privados se assim não ocorre. E isto conduz a um maior sofrimento mental, pois o sentimento de fracasso é intenso se vocês não alcançam os níveis de riqueza material e de conforto que ditam o estilo de vida de sucesso.

Vocês poderiam perguntar-se, caríssimos, quando deixar o planeta, recordarão e verão todos os confortos materiais que tiveram, todas as coisas que possuíram, ou recordarão o amor e a alegria que compartilharam com os outros?

Na verdade, a grande mudança não é tanto acerca de entrar para uma realidade “quântica”, quanto de se mudar para a COMPAIXÃO. Tanto para vocês quanto para os outros. Quando começam consigo mesmos, vocês dizem “Eu sou perfeito conforme eu sou e estou no lugar perfeito para mim neste momento. Deus conduziu-me até aqui!” Quando puderem aceitar que a força Divina em seu interior criou o lugar onde vocês estão e o que vocês são neste momento, então poderão pausar e serem gratos pelo que vocês têm. Poderão ver as maravilhas e os milagres, ao invés de a carência e a dor.

Agora, diremos que nesta época de evolução acelerada, vocês estão realmente sendo “empurrados” muito fortemente para fazerem esta travessia para a consciência da Compaixão. Estão sendo impelidos por uma tensão quase intolerável, de modo que liberarão a mente com suas exigências e ilusões e entrarão no Espaço do Coração da gratidão e da criatividade. Quando entrarem na COMPAIXÃO CRIATIVA, sua mente cessará suas exigências intermináveis por qualquer coisa, algo mais, algo para aliviar a dor… pois, de fato, a dor é uma ilusão!

O que denominamos de mudança é uma mudança de CONSCIÊNCIA. Vocês podem não ver que têm tudo o que precisam para serem felizes na Terra. Podem não ver a alegria e a beleza e a paz ao seu redor. E, se puderem, podem compartilhar isto com outros de modo que eles também possam “ver”. Pois, a dor e o sofrimento que vocês criaram, o fizeram com a sua mente. Vêem apenas a carência, a dor e a perda, e não vêem a beleza e as dádivas que lhes são ofertados a todo o momento de cada dia.

Pois, a Fonte emana suas dádivas de Amor e de Abundância o tempo todo. O Cosmos é um lugar de riquezas ilimitadas, se vocês tão-somente se permitirem experienciá-las. Quando vocês desligam-se da mente e começam a sentir as riquezas das dádivas que recebem, a mente não mais continua exigindo, e a alma é capaz de usufruir das riquezas que são criadas.

Caríssimas almas, liberem a concepção da velha energia de verem-se como vítimas sofredoras de suas circunstâncias, e vejam a si mesmos pelo que vocês são. Vocês são o apogeu da evolução espiritual e social, seres de grande complexidade e inteligência, mas ainda são muito simplesmente, uma parte da Essência Divina, uma centelha da Criatividade Compassiva, e são mantidos no interior da Luz e do Amor de Deus a toda hora.

Se puderem conduzir-se àquele lugar de Graça Simples, tudo o mais se adequará. Verão que não há nada que tenham que fazer nem estar em outro lugar. Renderão sua vontade à revelação da Vontade Divina através de vocês, e saberão que toda vontade se revelará para o Bem Superior e à medida que signifique estar em harmonia com o Amor Incondicional e a Compaixão Criativa.

E esta rendição da mente e da vontade disponibiliza o espaço para a gratidão e a alegria, que, por sua vez, torna acessível o espaço para a criação de milagres. Pois o Cosmos ama criar milagres e alegria em abundância, de modo que quanto mais gratidão e diversão puderem experienciar, mais o Cosmos se unirá e lhes trará sempre mais coisas para celebrarem e terem alegria.

Assim, queríamos dizer também, liberem o que acham que vocês precisam e permitam à Vontade Divina guiar seus passos. Podem achar por enquanto que nada acontecerá à medida que reorientam sua “bússola” interna para esta nova direção. Mas, após um tempo, descobrirão que as coisas começarão a se mover para novas direções à medida que vocês abrem o seu Coração e o seu Ser para a grandiosa e criativa aventura da vida.

Pois, de fato, isto é simples, a vida não é nada mais do que a Fonte explorando as Dimensões de Luz que foram seus primeiros atos de Compaixão Criativa. E, então, sua vida é simplesmente uma exploração deste lugar onde vocês encontram a si mesmos e um reconhecimento do Amor que existe no interior de tudo e de cada coisa nesta dimensão de Alegria Repleta de Luz. A “escuridão” e o sofrimento são e sempre foram criações da Mente que foram uma resposta para o medo que surgiu quando as explorações tornaram-se intensas e o ser sentiu-se desafiado em seu crescimento e evolução. O medo é um meio de reter e permanecer no mesmo lugar, mas que não produz o crescimento que é a natureza da Luz Divina.

Esta foi uma discussão longa, mas pretendemos mostrar-lhes como é simples uma vez que vocês captem a essência da Vida e da Viagem Espiritual da Alma. Jamais se tencionou que fosse ser difícil, era a intenção de ser uma revelação simples e uma criação alegre. Se puderem liberar a necessidade que a mente tem de exigir e de controlar, então vocês poderão experienciar a vida deste jeito.

Vocês podem ter tudo o que quiserem, mas devem começar com a Gratidão e a Simplicidade e criarem com Compaixão a partir daí.

Assim, caríssimas almas, esperamos que possamos resgatá-las da usurpação da mente e entregá-las ao eu angélico interior, onde possam ver que não são vocês que suprem a sua família, mas o Espírito e o Divino, e que tudo que vocês precisam fazer é serem gratos por esta cooperação e então trabalharem para promovê-la nas formas que trarão alegria para todos.

Liberem e deixem ir todas as antigas “histórias da mente” de baixa auto-estima e de não serem bons o suficiente. Todos são bons o bastante para serem amados e supridos, e realmente, se vocês aceitarem isto, então isto é o que a sua vida será.

Liberem todas as energias de culpa, dúvida e negatividade. Façam um esforço consciente para liberar esses sentimentos e pensamentos, e vocês criarão aquele lugar de gratidão e de graça que criará bênçãos ilimitadas para vocês e para todos ao seu redor.

É tão simples, caríssimas almas, é a “fórmula” da vida que foi colocada dentro do seu DNA quando o projeto original foi ativado pelo grande Elohim. E ele ainda está aí, aguardando que vocês vejam quão simples pode ser quando vocês permitem, aceitam e criam a partir da Graça e da Compaixão Criativa.

E assim, nós os deixamos agora com um abraço de amor e luz. Vocês são amados de maneira extraordinária e estão protegidos a cada passo. São também poderosos Mestres de Luz, e aguardamos suas Criações com alegria e amor!

Tradução de Ivete Brito – adavai@antares.com.br – adavai.wordpress.com/

Site original: http://www.starchildglobal.com